Escolha uma Página
Plágio na publicidade: O que é, como ocorre e como se proteger? 

Plágio na publicidade: O que é, como ocorre e como se proteger? 

Se você trabalha com publicidade e design, esteja no início da carreira ou seja você um “veterano na guerra” desse mercado, é possível que teve ou ainda terá problemas com plágio.

O que muitos ainda não sabem, é que existe a regulamentação do direito autoral, o famoso copyright.

Quer saber mais sobre isso, por que o plágio acontece e como evitá-lo? Então acompanhe o texto a seguir!

Veja também: Como aumentar sua conversão online em 2020

O plágio também se aplica à publicidade?

Vivemos em meio a um turbilhão de novas demandas todos os dias, que requerem prazos cada vez menores, sem que se abra mão da excelência, palavra de ordem quando se trata do mercado de criação, um mercado cada dia mais competitivo.

Com isso, cresce a pressão que rodeia as agências de comunicação, que tem como principal ferramenta a criatividade. Tarefa nada fácil, tendo em vista as exigentes expectativas de clientes cada vez mais situados nesse mercado.

Se por um lado esse desafio alimenta o anseio de profissionais de se superarem a cada job entregue, por outro, nos deparamos com a fragilidade que todo criativo encontra ou ainda encontrará pela frente: o plágio.

Segundo Antoine Lavoisier: “na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”, ou ainda segundo o “velho guerreiro” Chacrinha: “nada se cria, tudo se copia”.

Certo?

Errado! Pois isso não é aplicável ao cenário publicitário e criativo.

Veja mais: As mudanças na veiculação de anúncios políticos nas redes sociais

Inspirar-se em conteúdo rico da internet, jornais, livros e até mesmo no cenário da vida cotidiana é um hábito obrigatório e necessário para criar um repertório e ser um bom profissional de criação. 

Foto/Reprodução: Processo criativo. Via: artinspiring – Adobe

Esse processo é parte essencial do desenvolvimento, sem o qual nenhum profissional vai a lugar algum.

Ao levar em conta tudo isso, chegamos ao momento em que todo cuidado redobrado deve ser tomado. Inspiração não é cópia! 

A linha que separa a inspiração de cópias é tênue e, por isso, todo cuidado é pouco nessa hora.

Segundo a University of Southern California, um estudo realizado e divulgado recentemente, mostra que a quantidade de informações que recebemos hoje, diariamente, equivale ao conteúdo de aproximadamente 174 jornais.

Já parou para pensar nesse turbilhão de informações?

Ainda segundo o estudo, ao comparar essa quantidade com o ano de 1986, é observável o marco de cinco vezes mais conteúdo.

Tendo isso em mente, é possível imaginar o quanto a coincidência pode permear na atuação de uma equipe criativa dentro das agências de propaganda.

Desculpa para plágio?

Não! 

Ao conhecer o direito autoral e suas diretrizes, fica mais fácil proteger o seu trabalho. Saiba como nas informações a seguir:

 O que é direito autoral?

Segundo o Avctoris, o Direito Autoral é a proteção legal conferida a diversos tipos de obras e se divide em Direitos Patrimoniais e Direitos Morais. 

Esses direitos existem a partir do momento da criação de uma obra (ou trabalho, se preferir), mas como é necessário comprovar de alguma forma quando isso ocorreu, convencionou-se a criação de uma prova de anterioridade que indique (comprove) quando alguém se declarou autor de uma determinada obra. 

Em geral, essa prova de anterioridade é chamada de registro, mas não há obrigatoriedade de realizar esse “registro” em um órgão governamental.  

No princípio de dialogismo de BAKHTIN (1997), “um texto sempre dialoga com outros”, como se nenhum texto pudesse ser completamente puro e inédito. 

Essas aplicações também valem para peças publicitárias. Entretanto, a semelhança entre algumas peças esboça plágio, envolvendo além da ética, a legislação publicitária.

Solução parcial acessível

O termo parcial vai para configurar a conferência de conteúdos plagiados, mas que por hora, não abrange e nem consegue solucionar o problema como um todo, quanto menos acabar com ele.

Há alguns anos, assegurar criações era uma tarefa bastante burocrática e que até mesmo podia depender de muitos gastos. 

Foi pensando em acabar com toda essa burocracia que a Avctoris surgiu no ano de 2014, com a promessa se simplificar e solucionar a organização do mercado criativo.

A ideia do projeto surgiu em 2008, mas colocá-la em prática não foi tarefa fácil, principalmente quando levado em conta as exigências legais envolvidas, nacionais e internacionais.

Você precisa saber!

O registro de marca protege a fonética e o layout (de forma conjunta) dentro de uma determinada classe. São aproximadamente 45 classes disponíveis e cada produto ou serviço fica em uma delas.

Hoje, esse registro é válido no país de origem do mesmo. Já o direito autoral protege o layout do logotipo, não considerando a parte fonética e é válido para qualquer serviço ou produto em 168 países. 

Não há motivos para não se proteger contra o plágio!

 Depois de tudo o que aprendeu, esperamos que você tenha entendido o quão importante e simples é proteger todo e qualquer trabalho contra o plágio.

Hoje é possível contar com o Avctoris para impedir que um trabalho seja roubado, através de uma forma simples, prática e bastante acessível.

 Registrar o direito autoral é um dever de quem deseja preservar o mercado.

 E você, o que tem feito para proteger seu trabalho hoje? 

Compartilhe conosco ferramentas e ideias que possam ser adotadas por nossa e outras agências, aqui nos comentários!

Algumas das tendências que farão sua empresa ser vista em 2020

Algumas das tendências que farão sua empresa ser vista em 2020

Em nosso último post, você pôde acompanhar algumas dicas e novidades que contribuirão para que empresas alcancem sucesso em 2020, de acordo com as tendências do mercado. 

Conheça agora mais 3 dicas de tendências para investir em 2020 e nos próximos anos.

Veja também: Instagram for Business: qual a vantagem? 

Live streaming

Não importa a significância da ocasião, há sempre um público fiel disposto a assistir conteúdos de seu interesse nas lives. 

Não é à toa que elas cresceram significativamente no ano de 2019 e prometem continuar crescendo e fazendo muito sucesso neste ano!

Uma pesquisa recente realizada pela plataforma Vimeo apontou que 80% dos usuários participantes da mesma, mostram preferência por assistir a lives ao invés de ler, ao precisar sanar dúvidas sobre um assunto.

Mais que conteúdos simples em formato de vídeo, as lives proporcionam interação dos usuários com quem propaga a informação, o que tem sido uma crescente preferência. 

Diversas plataformas disponibilizam a opção, como por exemplo o Youtube, o Instagram e o Facebook, sendo elas as mais populares quando o assunto são lives.

É cada vez mais comum ver marcas, especialistas de diversas áreas e influenciadores utilizando o recurso para se comunicar de maneira mais pessoal, divulgar produtos, além de compartilhar eventos em tempo real.

Veja ainda: As novas formas de obter sucesso no atendimento ao cliente 

Ao fazer isso, esses profissionais, celebridades e empresas conseguem gerar poderosas fontes de engajamento, pois o vídeo é uma possibilidade sempre atrativa e o público pode consumir conteúdo educativo e/ou de entretenimento de maneira simples e de qualquer lugar. 

Conteúdos segmentados

O ano de 2019 ficou marcado pelo estudo e aplicação de estratégias de conteúdo que fossem cada vez mais próximas do consumidor. 

Marcas compreenderam que a chave para o crescimento no mercado atual está em atender às principais demandas de sua audiência através de conteúdos suficientemente qualificados. 

O que isso significa?

Que, na prática, houve um crescimento significativo da ultra segmentação, o que marcou o fortalecimento das relações entre marca e seu público-alvo.

Em 2020, o grande destaque que irá consolidar essa proposta como uma das grandes tendências de Marketing de Conteúdo será o mecanismo de entendimento das dúvidas da persona.  

De forma minuciosa, empresas farão estudos com nichos cada vez mais específicos para que, cada vez mais, consigam entender de maneira bem detalhada o que eles procuram.

Com isso, os conteúdos serão cada vez mais segmentados e afunilados, gerando uma entrega mais qualificada.

Veja também: A publicidade conectada às evoluções tecnológicas 

Como resultado disso, a persona conseguirá encontrar os conteúdos certos de que procura, com respostas objetivas para suas dúvidas.

O próprio buscador Google tem dado preferência a esse tipo de entrega. Afinal, a plataforma é dedicada a apresentar conteúdos cada vez mais específicos e direcionados ao que as pessoas buscam. 

Se faz necessário o aumento do investimento em Marketing de Conteúdo

Tendo em vista que será cada dia mais trabalhoso obter boas estratégias em 2020, é tão necessário quanto óbvio que os investimentos em Marketing de Conteúdo irão aumentar.

Essa, sem dúvida, será uma das maiores tendências quando se fala no assunto este ano!

Com um maior número de marcas apostando na estratégia, é natural que a competitividade aumente para saber quem entregará melhores e mais afunilados conteúdos ao Google e, consequentemente, ficará melhor ranqueado.

Empresas querem ser vistas e para se manterem assim, é natural que aumentem seu investimento gradativamente nos conteúdos.

Conteúdo pago vale a pena?

Você já se questionou sobre a disposição que seu público teria ou não para custear um bom conteúdo?

Diversas pessoas (e isso tem crescido cada dia mais) estão dispostas a pagar por conteúdo de qualidade, principalmente quando esse conteúdo tem como finalidade responder as suas dúvidas.

Levando esses fatos em conta, uma ótima forma de agir aproveitando o atual mercado em favor da estratégia de sua empresa é capitalizar e, por meio do conteúdo, educar a persona para conversões.

Veja também!: 5 lições que podemos tirar da reestruturação da Editora Abril 

Trata-se basicamente de uma venda que premedita outra, de uma forma já explorada e bem-sucedida.

O conteúdo pago tem tudo para ganhar mais espaço e estar entre as maiores tendências de 2020. 

Opções como E-books, vídeo aulas e cursos estão entre as opções mais populares e tendem a atrair a atenção de consumidores que, mesmo em menor escala, são muito interessantes e possuem grande potencial de idealização a marca.

Gostou dessas informações?

Para quem deseja alavancar sua estratégia de Marketing de Conteúdo em 2020 e aproveitar tudo o que as tendências tem a oferecer, basta iniciar já o seu planejamento. 

Adotar as sugestões da lista também poderá contribuir muito!

Quer saber como otimizar sua estratégia atual e direcioná-la para essas novidades? Entre em contato conosco

Marketing de Conteúdo: algumas tendências para 2020

Marketing de Conteúdo: algumas tendências para 2020

Nos últimos anos, diversas adaptações e novidades chegaram e foram aplicadas, dando espaço a novas maneiras de criar conteúdo. Em 2020, as tendências de marketing de conteúdo, mais uma vez, abrem as portas às novas perspectivas que já podem ser observadas.

Quer saber que tendências são essas? Então acompanhe nosso texto a seguir:

Algumas das principais tendências para o marketing de conteúdo neste ano já foram testadas e outras são completamente novas para o mercado, mas todas elas prometem conquistar produtores de conteúdo, empresas do ramo e clientes.

Conteúdo gerado pelo usuário

Um novo conceito surgiu para ajudar empresas a direcionar o marketing de conteúdo ao consumidor 4.0. 

Este consumidor é o reflexo dos meios que têm à sua disposição e, por isso, possui características bem específicas, que englobam um alto nível de exigência pelo fácil acesso à informação.

Esse perfil técnico descreve para quem as marcas devem direcionar seus produtos e ações de marketing. 

Elas procuram por marcas, produtos e atendimento de ponta e, além de tudo, que possam se identificar e ter uma relação de maior proximidade.

Como resultado disso, hoje não basta apenas vender um produto interessante ou oferecer serviços que possuam um grande diferencial. É essencial se relacionar com o público-alvo, utilizando as plataformas certas. 

Tendo isso em mente, é possível sair do ponto de partida para a prática. 

Por meio de campanhas, marcas estimulam o público a gerar esses conteúdos, que podem ser textos ou vídeos para que, posteriormente, possam ser utilizados em estratégias de marketing de conteúdo. 

Entre as principais vantagens que englobam a opção estão:

  • Aumento do engajamento;
  • Aumento de interação do público-alvo;
  • Maior identificação.

Além desses pontos, há ainda a vantagem econômica, sendo essa prática muitas vezes menos trabalhosa e mais barata, uma vez que os conteúdos são gerados pelo próprio público da empresa/marca.

A crescente dos vídeos na criação e distribuição de conteúdo

Ao pensar em marketing de conteúdo, a primeira coisa que vem a nossa mente são textos. Certo? 

Entretanto, por mais que esse formato ainda represente a principal e mais tradicional forma de criar conteúdo, os vídeos têm um grande poder de gerar alcance, além de chamar bastante atenção.

Existem diversas ferramentas online que podem ser incorporadas nessa etapa, até mesmo combinadas às estratégias de blog.

Nos últimos anos, cresceu muito o uso desse formato em estratégias de conteúdo.

Segundo o próprio Google, pesquisas recentes mostram que 80% dos consumidores alternam suas pesquisas básicas entre textos e vídeos antes de tomar uma decisão de compra.

Veja também: As mudanças na veiculação de anúncios políticos nas redes sociais 

Tendo esses dados em vista, é inegável a importância da utilização desse tipo de mídia em estratégias completas. 

O apelo visual que os vídeos têm é tão significativo, que fica fácil entender a constante crescente do consumo dessa ferramenta.

Para este e os próximos anos, marcas devem seguir apostando firme nessa estratégia, principalmente em conteúdos fundo de funil (etapa em que o consumidor já está pronto para a aquisição de um produto e/ou serviço).

Estratégias de voz e áudio

O mecanismo tomou conta das estratégias em 2019. E por mais que seu uso e aceitação tenham sido amplos, 2019 ainda representou um ano de testes e afirmação para o recurso.

A realidade atual indica um constante crescimento para esse tipo de mídia em 2020, especialmente quando citado no formato de podcasts. Apenas no Brasil, o consumo desta mídia teve um crescimento de 67%, segundo a Deezer.

Estratégias de voz e áudio prometem se intensificar ainda mais em 2020. Foto: daviles

A mesma pesquisa ainda apontou que 25% dos participantes consultados, afirmou passar mais de uma hora por dia escutando podcasts.

E mais: Saiba como aumentar sua conversão online neste ano! 

O aumento da receptividade da opção é de extrema importância para que exista exploração da plataforma como base para conteúdos de marcas que tenham esse público como alvo.

Através de conteúdos relevantes e direcionados, empresas podem agregar valor para quem escuta e, consequentemente, fortalecer sua marca e aumentar a lucratividade da empresa através da estratégia.

Menos superficialidade e mais qualidade!

Os resultados positivos que o marketing de conteúdo gera à empresas é também um fator convidativo para que haja o excesso.

Afinal, se funciona, por que não apostar intensamente nessa estratégia? 

Diversas empresas veem os benefícios da estratégia e passam a produzir muito conteúdo.

Em grande escala e pouca qualidade, os conteúdos apresentados são superficiais, e acabam não sanando as dúvidas e problemas dos consumidores em perspectiva.

Pouco a pouco, especialmente por conta dos algoritmos do Google que estão cada vez mais rigorosos, diversas empresas têm optado por diminuir o volume de conteúdo em prol da qualidade.

O público cada vez mais exigente, possui dúvidas e desejos específicos e quer encontrá-los em conteúdos com formato simples, objetivos e completos.

A partir disso, diversas marcas têm incluído em sua estratégia de marketing de conteúdo atender somente ao que é desejado. Com isso, tentam destrinchar ao máximo um tema.

Veja também!: Os benefícios da diversidade no ambiente de trabalho 

Gerar diversos conteúdos superficiais em cima de um tema não é mais interessante e efetivo. Por isso, uma das maiores tendências de marketing de conteúdo para 2020 é gerar apenas conteúdos aprofundados.

Com bom conteúdo em mãos, é possível trabalhar estratégias de ranqueamento e atração de leads para, posteriormente, levá-los aos seus contatos e empregar outras estratégias, como o e-mail marketing, por exemplo.

Está gostando dessas dicas? Saiba mais sobre o assunto em nosso próximo post e aproveite as grandes tendências de marketing de conteúdo para crescer em 2020!

Redes sociais: mudanças na veiculação de anúncios políticos

Redes sociais: mudanças na veiculação de anúncios políticos

Se você é um assíduo das redes sociais, muito provavelmente observou que além do Google, o Facebook e o Twitter  também modificaram ou ainda abriram possibilidade de mudanças em suas diretrizes de veiculação de anúncios políticos.

Quer saber que mudanças são essas e o que elas significam? Basta acompanhar o texto a seguir.

Quando e como iniciou a necessidade de realizar mudanças na veiculação de anúncios políticos nas redes sociais?

Desde a eleição de Donald Trump, nos Estados Unidos, a veiculação de anúncios políticos nas redes sociais se tornaram uma questão de maior evidência, já que o momento foi marcado por um investimento nunca visto anteriormente em plataformas como a do Facebook. 

A rede social foi parte de um escândalo global, quando uma empresa de consultoria política conseguiu acesso a milhares de dados de usuários do Facebook, sem que esses indivíduos tivessem conhecimento.

Essas informações, foram estrategicamente utilizadas para veicular notícias que favoreciam o candidato, ao mesmo tempo que notícias falsas desconstruíam a imagem de outras figuras políticas.

Veja também: Os benefícios da diversidade no ambiente de trabalho

Como cada rede social se posicionou publicamente sobre a veiculação de anúncios políticos?

Google

O popular buscador anunciou que, a partir do dia 6 de janeiro de 2020, políticos só poderão personalizar a entrega dos anúncios por idade, gênero e localização.

O que isso significa?

Isso significa que a partir desta data, não será possível selecionar perfis de eleitores, por exemplo, como tendências de direita ou esquerda, além de preferências de partidos políticos. Essas informações não poderão ser utilizadas. Além disso, notícias falsas, mesmo em formato de vídeo, serão banidas.

Twitter

O Twitter se posicionou de forma bastante significativa contra a veiculação de anúncios políticos, sendo proibido qualquer anúncio pago relacionado ao tema. Isso significa que, usuários e/ou empresas que publicarem quaisquer coisas envolvendo partidos, eleições, legislações ou políticos, não irão conseguir impulsionar as informações para o público.

Facebook

Já o Facebook diz estar em processo de estudo sobre as segmentações, não emitindo nenhum posicionamento favorável ao assunto, tão pouco definitivo para um controle maior dos anúncios relacionados ao tema na rede social. 

Falta de posição, inclusive, que gerou diversas críticas por parte da comunidade global. 

Hoje, quaisquer anunciantes no Brasil que abordem o tema eleições ou política, são incentivados a passar pelo processo de autorização de anúncios antes de os veicularem no país. Entretanto, a rede social se abstém de sua responsabilidade, pondo a mesma sobre o anunciante, que deve cumprir as leis e regulamentos eleitorais, além dos publicitários vigentes.

Leia também!: A novidade que promete conectar casas e usuários de forma prática e segura 

De que forma isso beneficia e pode mudar o cenário atual nos próximos anos?

Dentre as principais diferenças entre o que aconteceu a alguns anos na eleição Norte Americana e se estendeu ao público brasileiro, está o futuro discernimento, além da responsabilidade da população em relação às informações as quais são expostos.

Antes as interferências e notícias, tanto falsas como verídicas, eram pouco compartilhadas em veículos como esses. Hoje, existem milhares de pessoas dedicadas a desconstruir o uso autoritário das redes sociais.

Outra enorme tendência é que as redes sociais promovam cada vez mais a verdade e transparência em relação ao acesso de dados de seus usuários.

Importante: Como usuário, é de extrema relevância ler de fato os termos de uso, antes de aceitá-los. Quando o uso das redes sociais impacta a sociedade de forma abrangente e significativa, é importante ter responsabilidade e entender sobre o assunto. Apenas assim, é possível diminuir as implicações negativas que as plataformas podem trazer. Usufruindo apenas de seus benefícios!

Gostou de conhecer essas informações? 

Compartilhe conosco a sua opinião sobre as novas mudanças para a divulgação de anúncios políticos no Google e nas redes sociais!

O que é e como gerar resultados através do Marketing de Conteúdo? [P.3]

O que é e como gerar resultados através do Marketing de Conteúdo? [P.3]

O Marketing de Conteúdo está entre as estratégias mais efetivas para alcançar e fidelizar um público desejado à uma empresa. Ao ser colocado em prática e de maneira adequada, pode gerar um aumento significativo nos resultados de um negócio.

Em nossos dois últimos posts, você aprendeu sobre a importância do marketing de conteúdo e como aplicá-lo em sua empresa para gerar resultados. Conheça agora, as maiores ferramentas de automação de marketing disponíveis para sua empresa no mercado e os motivos pelos quais você deve apostar nessa estratégia.

Por que investir em automação de marketing?

Com a transformação digital, a adoção de ferramentas de automação tornam-se cada dia mais necessárias e populares, e os motivos para implementá-las são diversos. Entre eles estão: 

  • otimização da gestão do tempo;
  • maior eficiência no funil de vendas;
  • melhoria na comunicação com o cliente;
  • nutrição de leads;
  • redução de custos;
  • preparação do lead para tomar a decisão da compra.

Se você possui um negócio em qualquer tipo de mercado, muito provavelmente  identificou na lista acima alguns dos objetivos que espera alcançar a longo e curto prazo. Sabendo disso, o próximo passo consiste em descobrir qual ferramenta de automação de marketing se encaixa melhor ao seu negócio

Mas quais são as melhores ferramentas de automação?

Como você deve imaginar, a oferta de softwares para automação é gigantesca. Isto deve-se à expansão vivenciada pelo setor.

A seguir, citaremos 2 sugestões das quais consideramos as melhores ferramentas de automação de marketing disponíveis hoje no mercado. São elas: 

1. RD Station

A RD Station é uma plataforma desenvolvida pela empresa “Resultados Digitais”, uma grande referência em marketing digital em nosso país. O software oferecido pela empresa possui muitos elementos que, em pouco tempo, se tornarão indispensáveis para o seu negócio. 

Entre as possibilidades oferecidas pela plataforma estão:

  • agendamento e disparo de e-mails;
  • alimentação de fluxos de nutrição;
  • criação de landing pages;
  • análise dos leads.

Mesmo que sua empresa já execute um eficiente trabalho com e-mail marketing, segmentando leads e enviando mensagens personalizadas para cada grupo, a plataforma poderá otimizar e melhorar a entrega destes e-mails como, por exemplo, disparando e-mails em horários específicos para o engajamento da persona.

E mais: O melhor ROI da história de um dos nossos clientes 

Por ser todo automatizado, o sistema categoriza os leads de acordo com suas características, o que facilita também a personalização das mensagens enviadas. Além do mais, existe a possibilidade de agendar e-mail de ofertas, pós-vendas e saudações em datas específicas, com muita antecedência. Isso diminui significativamente a chance de esquecimento ou erro humano.

2. LeadLovers

Esta ferramenta de automação é bastante conhecida por aumentar significativamente as vendas de um negócio por meio de marketing digital eficiente. São diversas opções de planos, que variam de acordo com o tempo de contratação. 

Veja ainda: O incrível relançamento do temático Tortuga Restaurante em Curitiba/PR

A ferramenta ainda apresenta facilidade de contratação, além de ser possível testá-la antes da aquisição de fato. Também são disponibilizadas diversas funcionalidades para cada etapa de um negócio. Ou seja, esteja no começo ou se tratando de uma empresa de renome e com muitos anos de mercado, a ferramenta poderá contribuir. 

Aumento de leads, engajamento dos mesmos, análise de resultados e lead scoring (classificação dos leads) estão entre alguns dos benefícios ofertados.

Gostou das dicas? Então não deixe de acompanhar nosso blog. Temos sempre informações de extrema relevância para o crescimento e organização do seu negócio. 

E lembre-se: ao desejar investir em Marketing de Conteúdo de qualidade, conte com a equipe da Conelly Propaganda para alcançar os seus objetivos! 

 

O que é e como gerar resultados através do Marketing de Conteúdo? [P.2]

O que é e como gerar resultados através do Marketing de Conteúdo? [P.2]

O Marketing de Conteúdo está entre as estratégias mais efetivas para alcançar e fidelizar um público desejado à uma empresa. Ao ser colocado em prática e de maneira adequada, pode gerar um aumento significativo nos resultados de um negócio.

Em nosso último post, você aprendeu sobre o que é o Marketing de Conteúdo e como alcançar seu público-alvo através dele. Conheça agora as vantagens em empregar esse  recurso ao seu negócio e o por que sua empresa não deve ficar sem ele. Acompanhe: 

Vantagens em agregar o Marketing de Conteúdo em um negócio 

Educar o mercado 

Educar o mercado baseia-se em oferecer informações esclarecedoras a respeito de como um produto ou serviço sana a necessidade e/ou expectativa do seu cliente em potencial. Por isso, é muito importante que o Marketing de Conteúdo seja aplicado em sua empresa e direcionado a esse propósito.

Aumentar o tráfego do seu site

Não existe fórmula melhor para ser encontrado por seu público nos sites de busca (como o Google), do que desenvolvendo um conteúdo interessante, que forneça informações relevantes para eles.

Por conta disso, é fundamental que você tenha a sua persona em mente. Dessa forma, é praticamente certo que ela o encontre na internet e saiba da existência da sua empresa.  

Isso nos leva aos dois próximos pontos.  

Gerar autoridade

Quanto mais problemas e dúvidas você sanar, maior será a credibilidade de sua marca. A cada visitante que chega até seu site e tem questões resolvidas, o Google entende que, ao passar do tempo, seu site de fato possui informações relevantes.

Isso faz com que sua página seja indexada, podendo ficar cada vez mais bem ranqueada na página inicial do site de busca.

Gerar reconhecimento de marca 

Reconhecimento de marca (ou Brand Awareness), trata-se de quanto o público aceita e reconhece sua marca e produtos na internet. Ou seja, uma fração de enorme importância, levando em conta que o Marketing de Conteúdo é uma das maiores ferramentas para que sua marca seja reconhecida no mercado. 

Por meio desta técnica é que você pode dar o tom para a comunicação de sua empresa e, com isso, mostrar aos visitantes de seu site o que sua marca tem de melhor para oferecer.  

Veja também: Como iniciou a parceria entre a Conelly e a renomada jornalista Carla Vilhena

Esses são apenas alguns dos diversos benefícios que o Marketing de Conteúdo pode trazer a sua empresa.

Atente-se à produção e manutenção de conteúdo para o blog em seu site 

Além de produzir conteúdo relevante para o site de sua marca, é fundamental manter esse conteúdo  atualizado. Isso está diretamente ligado a confiabilidade de sua empresa. Por isso, mantenha frequência nas publicações e dê preferência a dias específicos. 

Mas claro, isso depende muito do seu nicho de negócio. Para um empresa de tecnologia, por exemplo, posts diários no blog são muito comuns devido à atualização constante de informações sobre este ramo. 

Em contrapartida, em outros setores é possível realizar postagens uma vez na semana e ainda obter os mesmos resultados com o Marketing de Conteúdo.

Implemente ferramentas de automação de marketing 

Ao utilizar uma ferramenta para automação de marketing digital, você consegue interagir e se comunicar de maneira muito mais eficiente com seu público. Isso gera resultados muito melhores e leads muito mais preparados.

Quando falamos de sobre marketing digital hoje, é quase impossível não pensar ou mesmo descartar a automação de marketing, que é fundamental para quem pretende gerar leads e oportunidades de negócio através da internet.

Mas afinal, o que é automação de marketing?

A automação de marketing nada mais é do que o conjunto de sistemas e softwares que lhe ajudarão a transformar os visitantes de seu site em leads, por meio de estratégias automatizadas, até que se tornem clientes.

Onde o conteúdo se encaixa nisso? 

Pense por um momento no melhor atendimento que você já teve na vida ao pesquisar e adquirir um produto. Na maioria das vezes, o que difere um bom vendedor de outros, é o quanto ele realmente reconhece as necessidades do seu cliente e busca saná-las relacionando-a com um produto que ele vende. 

Foto/Reprodução: Negociação de veículos. Via: Unitonevector – Freepik

Com a automação de marketing só é possível oferecer esse tipo de atendimento através do conteúdo, que servirá de alimento educativo durante a jornada de compras de seu potencial cliente.  

Como isso acontece na prática?

A automação de marketing inicia no momento em que você converte um contato. Antes desse momento, um visitante não representa nada além disso em seu site.  

A conversão acontece em toda oportunidade em que você solicita uma informação de um visitante em seu site em troca de algo que interesse a ele.  

Veja ainda: 5 lições que podemos tirar da reestruturação da Editora Abril 

Isso acontece por meio de uma newsletter em seu blog, por exemplo, ou então, com um pop-up de uma oferta chamativa para sua persona. Com um conteúdo bem direcionado a seu público-alvo, é possível usar landing pages (páginas de conversão) e através delas, criar formulários para coletar leads qualificados

E agora? 

Após adicionar diversos pontos de conversão estratégicos em seu blog e site, você terá diversos contatos. O momento de pós-conversão é onde a automação de marketing realmente acontece. Ao conseguir os dados dos clientes em potencial é hora de nutri-los. Neste processo você irá educá-los ainda mais, além de reforçar os laços de relacionamento que criou com eles. 

É momento de alimentar seus leads. E como você fará isso? Através do marketing de conteúdo, para seu contato de forma intuitiva e personalizada. Isso por meio das informações que foram coletadas anteriormente. 

O grande segredo da automação está em saber exatamente o que perguntar para seus visitantes e, através disso, construir uma boa segmentação para eles. 

Automação: Muito além da nutrição de leads

As possibilidades geradas por meio da automatização são inúmeras e vão muito além da segmentação, qualificação e nutrição de seus leads. Portanto, o importante é saber quais delas irão facilitar seus processos. 

Quer saber quais são algumas das melhores ferramentas de automação de marketing disponíveis hoje no mercado? Então acompanhe nosso próximo post!