Plágio na publicidade: O que é, como ocorre e como se proteger? 

Plágio na publicidade: O que é, como ocorre e como se proteger? 

Se você trabalha com publicidade e design, esteja no início da carreira ou seja você um “veterano na guerra” desse mercado, é possível que teve ou ainda terá problemas com plágio.

O que muitos ainda não sabem, é que existe a regulamentação do direito autoral, o famoso copyright.

Quer saber mais sobre isso, por que o plágio acontece e como evitá-lo? Então acompanhe o texto a seguir!

Veja também: Como aumentar sua conversão online em 2020

O plágio também se aplica à publicidade?

Vivemos em meio a um turbilhão de novas demandas todos os dias, que requerem prazos cada vez menores, sem que se abra mão da excelência, palavra de ordem quando se trata do mercado de criação, um mercado cada dia mais competitivo.

Com isso, cresce a pressão que rodeia as agências de comunicação, que tem como principal ferramenta a criatividade. Tarefa nada fácil, tendo em vista as exigentes expectativas de clientes cada vez mais situados nesse mercado.

Se por um lado esse desafio alimenta o anseio de profissionais de se superarem a cada job entregue, por outro, nos deparamos com a fragilidade que todo criativo encontra ou ainda encontrará pela frente: o plágio.

Segundo Antoine Lavoisier: “na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”, ou ainda segundo o “velho guerreiro” Chacrinha: “nada se cria, tudo se copia”.

Certo?

Errado! Pois isso não é aplicável ao cenário publicitário e criativo.

Veja mais: As mudanças na veiculação de anúncios políticos nas redes sociais

Inspirar-se em conteúdo rico da internet, jornais, livros e até mesmo no cenário da vida cotidiana é um hábito obrigatório e necessário para criar um repertório e ser um bom profissional de criação. 

Foto/Reprodução: Processo criativo. Via: artinspiring – Adobe

Esse processo é parte essencial do desenvolvimento, sem o qual nenhum profissional vai a lugar algum.

Ao levar em conta tudo isso, chegamos ao momento em que todo cuidado redobrado deve ser tomado. Inspiração não é cópia! 

A linha que separa a inspiração de cópias é tênue e, por isso, todo cuidado é pouco nessa hora.

Segundo a University of Southern California, um estudo realizado e divulgado recentemente, mostra que a quantidade de informações que recebemos hoje, diariamente, equivale ao conteúdo de aproximadamente 174 jornais.

Já parou para pensar nesse turbilhão de informações?

Ainda segundo o estudo, ao comparar essa quantidade com o ano de 1986, é observável o marco de cinco vezes mais conteúdo.

Tendo isso em mente, é possível imaginar o quanto a coincidência pode permear na atuação de uma equipe criativa dentro das agências de propaganda.

Desculpa para plágio?

Não! 

Ao conhecer o direito autoral e suas diretrizes, fica mais fácil proteger o seu trabalho. Saiba como nas informações a seguir:

 O que é direito autoral?

Segundo o Avctoris, o Direito Autoral é a proteção legal conferida a diversos tipos de obras e se divide em Direitos Patrimoniais e Direitos Morais. 

Esses direitos existem a partir do momento da criação de uma obra (ou trabalho, se preferir), mas como é necessário comprovar de alguma forma quando isso ocorreu, convencionou-se a criação de uma prova de anterioridade que indique (comprove) quando alguém se declarou autor de uma determinada obra. 

Em geral, essa prova de anterioridade é chamada de registro, mas não há obrigatoriedade de realizar esse “registro” em um órgão governamental.  

No princípio de dialogismo de BAKHTIN (1997), “um texto sempre dialoga com outros”, como se nenhum texto pudesse ser completamente puro e inédito. 

Essas aplicações também valem para peças publicitárias. Entretanto, a semelhança entre algumas peças esboça plágio, envolvendo além da ética, a legislação publicitária.

Solução parcial acessível

O termo parcial vai para configurar a conferência de conteúdos plagiados, mas que por hora, não abrange e nem consegue solucionar o problema como um todo, quanto menos acabar com ele.

Há alguns anos, assegurar criações era uma tarefa bastante burocrática e que até mesmo podia depender de muitos gastos. 

Foi pensando em acabar com toda essa burocracia que a Avctoris surgiu no ano de 2014, com a promessa se simplificar e solucionar a organização do mercado criativo.

A ideia do projeto surgiu em 2008, mas colocá-la em prática não foi tarefa fácil, principalmente quando levado em conta as exigências legais envolvidas, nacionais e internacionais.

Você precisa saber!

O registro de marca protege a fonética e o layout (de forma conjunta) dentro de uma determinada classe. São aproximadamente 45 classes disponíveis e cada produto ou serviço fica em uma delas.

Hoje, esse registro é válido no país de origem do mesmo. Já o direito autoral protege o layout do logotipo, não considerando a parte fonética e é válido para qualquer serviço ou produto em 168 países. 

Não há motivos para não se proteger contra o plágio!

 Depois de tudo o que aprendeu, esperamos que você tenha entendido o quão importante e simples é proteger todo e qualquer trabalho contra o plágio.

Hoje é possível contar com o Avctoris para impedir que um trabalho seja roubado, através de uma forma simples, prática e bastante acessível.

 Registrar o direito autoral é um dever de quem deseja preservar o mercado.

 E você, o que tem feito para proteger seu trabalho hoje? 

Compartilhe conosco ferramentas e ideias que possam ser adotadas por nossa e outras agências, aqui nos comentários!

Redes sociais: mudanças na veiculação de anúncios políticos

Redes sociais: mudanças na veiculação de anúncios políticos

Se você é um assíduo das redes sociais, muito provavelmente observou que além do Google, o Facebook e o Twitter  também modificaram ou ainda abriram possibilidade de mudanças em suas diretrizes de veiculação de anúncios políticos.

Quer saber que mudanças são essas e o que elas significam? Basta acompanhar o texto a seguir.

Quando e como iniciou a necessidade de realizar mudanças na veiculação de anúncios políticos nas redes sociais?

Desde a eleição de Donald Trump, nos Estados Unidos, a veiculação de anúncios políticos nas redes sociais se tornaram uma questão de maior evidência, já que o momento foi marcado por um investimento nunca visto anteriormente em plataformas como a do Facebook. 

A rede social foi parte de um escândalo global, quando uma empresa de consultoria política conseguiu acesso a milhares de dados de usuários do Facebook, sem que esses indivíduos tivessem conhecimento.

Essas informações, foram estrategicamente utilizadas para veicular notícias que favoreciam o candidato, ao mesmo tempo que notícias falsas desconstruíam a imagem de outras figuras políticas.

Veja também: Os benefícios da diversidade no ambiente de trabalho

Como cada rede social se posicionou publicamente sobre a veiculação de anúncios políticos?

Google

O popular buscador anunciou que, a partir do dia 6 de janeiro de 2020, políticos só poderão personalizar a entrega dos anúncios por idade, gênero e localização.

O que isso significa?

Isso significa que a partir desta data, não será possível selecionar perfis de eleitores, por exemplo, como tendências de direita ou esquerda, além de preferências de partidos políticos. Essas informações não poderão ser utilizadas. Além disso, notícias falsas, mesmo em formato de vídeo, serão banidas.

Twitter

O Twitter se posicionou de forma bastante significativa contra a veiculação de anúncios políticos, sendo proibido qualquer anúncio pago relacionado ao tema. Isso significa que, usuários e/ou empresas que publicarem quaisquer coisas envolvendo partidos, eleições, legislações ou políticos, não irão conseguir impulsionar as informações para o público.

Facebook

Já o Facebook diz estar em processo de estudo sobre as segmentações, não emitindo nenhum posicionamento favorável ao assunto, tão pouco definitivo para um controle maior dos anúncios relacionados ao tema na rede social. 

Falta de posição, inclusive, que gerou diversas críticas por parte da comunidade global. 

Hoje, quaisquer anunciantes no Brasil que abordem o tema eleições ou política, são incentivados a passar pelo processo de autorização de anúncios antes de os veicularem no país. Entretanto, a rede social se abstém de sua responsabilidade, pondo a mesma sobre o anunciante, que deve cumprir as leis e regulamentos eleitorais, além dos publicitários vigentes.

Leia também!: A novidade que promete conectar casas e usuários de forma prática e segura 

De que forma isso beneficia e pode mudar o cenário atual nos próximos anos?

Dentre as principais diferenças entre o que aconteceu a alguns anos na eleição Norte Americana e se estendeu ao público brasileiro, está o futuro discernimento, além da responsabilidade da população em relação às informações as quais são expostos.

Antes as interferências e notícias, tanto falsas como verídicas, eram pouco compartilhadas em veículos como esses. Hoje, existem milhares de pessoas dedicadas a desconstruir o uso autoritário das redes sociais.

Outra enorme tendência é que as redes sociais promovam cada vez mais a verdade e transparência em relação ao acesso de dados de seus usuários.

Importante: Como usuário, é de extrema relevância ler de fato os termos de uso, antes de aceitá-los. Quando o uso das redes sociais impacta a sociedade de forma abrangente e significativa, é importante ter responsabilidade e entender sobre o assunto. Apenas assim, é possível diminuir as implicações negativas que as plataformas podem trazer. Usufruindo apenas de seus benefícios!

Gostou de conhecer essas informações? 

Compartilhe conosco a sua opinião sobre as novas mudanças para a divulgação de anúncios políticos no Google e nas redes sociais!

Casa conectada: o futuro começa agora!

Casa conectada: o futuro começa agora!

Iniciativa acontece com a contribuição de grandes nomes como Ikea, Samsung, Signify entre outras.

Empresas renomadas como a Amazon, o Google e a Apple estão se unindo para desenvolver um padrão, em código aberto, para que seja viável desenvolver dispositivos tecnológicos para casas conectadas de forma prática e segura.

Já imaginou viver em uma casa totalmente conectada?

O grande objetivo do projeto, que tem por nome “Connected Home over IP” ou “Casa Conectada por IP” é garantir que qualquer dispositivo ou produto que seja adquirido para uma casa conectada, seja compatível com o assistente de voz e smartphone do proprietário.

Foto/Reprodução: Sistema controlado via smartphone da residente.Via: Viacheslav Iakobchuk – Adobe.

Ainda segundo um comunicado oficial realizado e divulgado pelas empresas responsáveis, o projeto deve, muito em breve, ter seu desenvolvimento simplificado, tanto a fabricantes, quanto à aquisição do produto.

Por hora, fazem parte do grupo de empresas que já produzem sistemas e produtos para casas conectadas:

  • Signify (das lâmpadas Philips Hue);
  • Samsung SmartThings;
  • Ikea.

A tecnologia de cada uma dessas empresas será empregada no novo padrão e, segundo informações das próprias, deve ter um rascunho inicial lançado com algumas especificações em meados do segundo semestre do próximo ano (2020).

Também de acordo com as empresas, protocolos de conexão utilizados hoje, tais como Bluetooth e Wi-Fi, serão o foco inicial. Além disso, os produtos que já estão no mercado atualmente poderão receber suporte para funcionamento.

Hoje, Google e Apple representam os principais fabricantes de sistemas operacionais para celulares, além de donas dos maiores assistentes de voz, bem como Siri, da Apple, e Assistente, do Google. A gigante Amazon também conta com essa ferramenta de assistente mobile, a Alexa.

Casas conectadas no Brasil

Em 2019, Google e Amazon anunciaram a vinda oficial de dispositivos com assistentes de voz para o Brasil. A Amazon lançou o Echo em outubro, enquanto que o Google trouxe ao país, no mês de novembro, o Nest Mini.

O que essa tecnologia promete oferecer a seus usuários? 

Além dos benefícios já citados, os sistemas para casas conectadas prometem controlar ações simples, como a abertura e fechamento de cortinas pela manhã ou quando os moradores saem de casa.

Foto/Reprodução: interface futurista do assistente inteligente de automação residencial. Via: Nico El Nino – Adobe.

O sistema ainda permitirá uma rotina e tarefas muito mais simplificadas, como o preparo de diversos alimentos ao mesmo tempo e o aviso ao usuário de quando estiverem prontos.

A lavagem das roupas também é informada quando finalizada e, muito em breve, o sistema também poderá reconhecer além da voz , presença e dispositivos do morador, a identificação de pessoas diferentes no ambiente, proporcionando maior controle e segurança ao usuário sobre sua residência.

Demais! Não é mesmo?

Se gostou dessas novidades e informações, não deixe de acompanhar nosso blog. Semanalmente as melhores dicas e tendências do mundo da tecnologia, publicidade e empreendedorismo para você! 

Carla Vilhena e Conelly: saiba como surgiu a parceria

Carla Vilhena e Conelly: saiba como surgiu a parceria

Um suporte adequado de marketing em qualquer segmento, principalmente em sua fase de desenvolvimento, faz total diferença. E foi nessa nova fase da carreira brilhante da jornalista e apresentadora Carla Vilhena, que ela enxergou na Conelly Propaganda uma grande parceira para alguns dos seus novos projetos

Foto: Reprodução/ Campanha Bsoft com Conelly Master Media e Carla Vilhena.

Em março, tivemos o privilégio de contar com a jornalista como âncora de uma campanha desenvolvida para nosso grande parceiro e cliente Bsoft. A partir daí, iniciou o que se tornaria uma incrível amizade e parceria, que acreditamos ser fundamentada em alguns pontos de aplicação, sendo eles: 

Relacionamento com os clientes

Todo trabalho de sucesso começa com um dos princípios básicos do atendimento e do mundo dos negócios: o bom relacionamento com o cliente

A partir desta característica, os laços de confiabilidade são criados, dando oportunidade (tanto a contratados, quanto à contratantes) de pensarem em estratégias de resultado, contando com a tranquilidade e harmonia de que os projetos desenvolvidos serão executados de maneira adequada, conforme as expectativas de ambas as partes. 

Produção

Foto/Reprodução: Campanha Bsoft com Conelly Master Media e Carla Vilhena.

Muito mais do que atender de maneira excelente e angariar a confiança de nossos parceiros, temos a missão de realizar de forma única cada um dos projetos a nós confiados. É aí que entra a importância da produção.

Veja ainda: As novas formas de obter sucesso no atendimento ao cliente.

Somos apaixonados por produção e não somos apenas profissionais em busca de melhoramento e reconhecimento. Nós gostamos de colocar a mão na massa! Fazemos isso para gerar resultados que nos permitam ir além daquilo que já foi realizado. 

Foto/Reprodução: Making of da campanha para Bsoft com Carla Vilhena.

Essa é a fórmula utilizada na execução de cada projeto que damos início, e não foi diferente com a campanha da Bsoft.  

Nos bastidores, como é de costume, procuramos manter um ambiente descontraído, agradável e no melhor estilo de igualdade de condições, deixando nossos contratados sempre muito à vontade, sejam eles pessoas popularmente conhecidas ou não.

Em uma daquelas conversas informais de bastidores, entre uma troca de cenário e ajustes de luzes, falamos sobre alguns projetos e inovações, o que despertou o interesse da apresentadora que, na ocasião, já planejava dar um upgrade em alguns dos seus projetos. 

Passado alguns dias da produção em questão, fizemos contato e começamos os ensaios para uma possível parceria. Que mesmo em processo inicial, já nos permite enxergar um enorme potencial para novos projetos em conjunto. 

Portfólio

Cada um dos passos anteriores nos leva ao último – mas não menos importante – ponto para o engajamento de grandes parceiros: o portfólio.

Um bom portfólio traz diversos benefícios a seu autor. Ele é um item de vantagem competitiva que faz total diferença na hora de angariar ou não um bom projeto.

Foto/Reprodução: Portfólio empresarial Conelly Master Media (imagem meramente ilustrativa).

De nada adianta possuir uma vasta lista de experiências no ramo e prestar um excelente serviço, se a “vitrine” da empresa estiver mal apresentada. O ideal é ter sempre a disposição um bom e atualizado material de apresentação. 

Veja também: Como desenvolver seu próprio portfólio

Em um cenário onde a concorrência aparece todos os dias com propostas apelativas, é importante saber que não há espaço para descuidos.

Se bem executado, o portfólio tem a capacidade de abrir novas portas para a empresa, pois é a maneira mais acessível que interessados têm de conhecer os trabalhos desenvolvidos pela contratada em questão.

Só temos a agradecer pela confiança, tanto por parte da Bsoft por manter as portas sempre abertas para nós, quanto para a Carla Vilhena, que também enxergou em nossa equipe possibilidades. 

Para nós, da Conelly Master Media, apresentar um material adequado é um grande sinal de responsabilidade e cuidado com o que fazemos, demonstra solidez e conduta profissional aos clientes ativos e em potencial, mantendo assim as portas sempre abertas a novas experiências.

Foto/Reprodução: Bom relacionamento empresarial. Via LinkedIn Sales Navigator –  Unsplash

Graças à combinação de todos esses fundamentos, tivemos o imenso privilégio de tornarmos amigos e parceiros de negócios da estimada Carla Vilhena e, com isso, realizarmos entre outros ofícios, a otimização de seu site e blog e, posteriormente, o desenvolvimento de seu mídia kit.

É através da união de elementos essenciais, junto a dedicação, competência e bom relacionamento com nossos amigos clientes, que buscamos crescer a cada dia como empresa e indivíduos dentro da Conelly Master Media.

_______________________________________________________________________________________________

Somos imensamente gratos pela oportunidade que tivemos e a essa parceria de grande estima.

Acompanhe nosso blog e continue por dentro das últimas novidades do mercado e soluções para a criação de novas experiências em sua empresa.

O relançamento do temático Restaurante Tortuga, em Curitiba/PR

O relançamento do temático Restaurante Tortuga, em Curitiba/PR

Relançado após uma reforma estratégica, o tradicional e característico Restaurante Tortuga, localizado em Curitiba/PR, reabre suas portas, contando com diversas novidades e atrações.

Famoso pelos pratos cheios de afetividade e sabor, o Restaurante Tortuga, em sua nova versão, chega para conquistar ainda mais fãs e adeptos. Prova disso, foi a grande noite de lançamento do Restaurante, um grande sucesso que contou com um menu especial servido a todos os presentes, além de uma novíssima área kids, para maior comodidade dos pais e pequenos, música ao vivo, entre outras atrações. 

Veja também: A relevância do Marketing Offline na era digital 

Entre as principais, a inauguração no novo espaço cultural dedicado à história do Pirata Zulmiro. O evento contou com a presença do ilustre economista e arqueólogo Marcos Juliano Ofenbock (responsável pela descoberta da veracidade da história do Pirata), que agraciou a todos os convidados com um tour especial, cheio de curiosidades pela trajetória de vida de Zulmiro, que agora está presente e representada através de quadros exclusivos que estão localizados na taberna, em uma das entradas do restaurante.

O relançamento do temático Restaurante Tortuga, em Curitiba/PR

Foto/Reprodução: Daniele e Carlos (proprietários do Restaurante Tortuga),Marcos Juliano Ofenbock (economista e arqueólogo) e autoridades da cidade de Curitiba/PR. Via: Star Produções.

Adam Patterson (Cônsul Britânico do Paraná), Eduardo Pimentel (Vice-Prefeito de Curitiba), Rodolpho Zannin (Diretor de Relações Internacionais da Prefeitura de Curitiba), Sergio Marcos Krieger (Coordenador de Patrimônio Cultural do Paraná) e Tatiana Turra (Secretária de Turismo de Curitiba) também estiveram presentes para prestigiar a reinauguração do tão aclamado restaurante. 

No novo espaço kids, um ilustrador convidado agraciou aos convidados que, em forma de lembrança, levaram para casa caricaturas incríveis de si mesmos ou, ainda, de toda a família, como desejassem.

O relançamento do temático Restaurante Tortuga, em Curitiba/PR

Foto/Reprodução: Mineiro de botas, sobremesa servida no menu especial da noite de relançamento do Restaurante. Via: João Manoel T. Godoy

Além de alta gastronomia, grandes nomes da cidade e caricatas ilustrações, os convidados ainda puderam apreciar deliciosa música ao vivo ambiente durante toda a noite de lançamento, além de uma surpreendente performance de dança. Tudo para fazer com que os convidados se sentissem na verdadeira ilha de Tortuga, que agora é representada no coração de Curitiba, na Av. Manoel Ribas, 702 – Mercês. 

Mas como garantir continuidade no crescimento e desenvolvimento dos clientes? 

Para que um cliente obtenha sucesso contínuo, assim como é o caso do nosso grande parceiro Tortuga, é necessário muito mais do que um trabalho bem executado, por ambas as partes. Para isso, é preciso buscar constante crescimento, reinvenção e, principalmente, pensar fora da caixa. 

O relançamento do temático Restaurante Tortuga, em Curitiba/PR

Foto/reprodução: Personagens presentes na reinauguração do Tortuga Restaurante para entretenimento e diversão do público presente. Via: João Manoel T. Godoy

Pensando nisso, nós da Conelly Master Media, junto a diretoria do Restaurante Tortuga, pensamos em novas formas de utilizar o espaço que havia no restaurante, para que ele pudesse continuar comportando e atendendo bem, tanto a nova demanda de clientes quanto a clientela mais antiga, além de surpreender ambos os grupos de alguma forma. 

Veja também: As novas formas de obter sucesso no atendimento ao cliente 

Tendo isso em mente, propomos uma nova identidade, temática e visual, para o restaurante. 

A nova identidade visual do Restaurante Tortuga 

Todo o material e identidade do Restaurante Tortuga foi baseado na cultura pirata, desde a decoração, passando pela sinalização interna até a comunicação para as redes sociais. 

Essa temática foi inspirada e escolhida em homenagem ao Pirata Zulmiro, o último pirata conhecido e popularizado da história, o qual passou seus últimos dias de vida na cidade de Curitiba/PR. 

E mais: Conheça as vantagens do Instagram for Business 

O processo de desenvolvimento da identidade visual teve como base principal os mapas utilizados pelos piratas, cartas e documentos antigos, onde os papéis apresentavam texturas como a de papiros, elementos como a madeira desgastada, cordas e as tradicionais caveiras, é claro. 

A nova marca

A nova marca ganhou uma revitalização com intuito de complementar a nova fase do restaurante. A ideia para criá-la partiu de preservar a tipologia antiga, acrescentando o desenho de uma caveira juntamente a de um garfo e uma colher cruzados, remetendo a comida, aplicados sobre um brasão rústico, bastante característico das antigas placas de tavernas.

O relançamento do temático Restaurante Tortuga, em Curitiba/PR

Foto/Reprodução: Arte desenvolvida para post em rede social do cliente Tortuga Restaurante. Via: Conelly Propaganda.

As cores aplicadas ao material de comunicação tiveram, como objetivo maior, trazer a sensação que temos ao nos deparar com materiais antigos, de grande valia informativa e cultural, assim como o tom de verde já utilizado no restaurante anteriormente, bastante presente em tecidos de flâmulas da época representada. Já o vermelho “vivo”, emprega contraste as demais cores e era também muito utilizada nos selos que fechavam as cartas enviadas pelos antigos comandantes. 

Veja ainda: Os 4 pilares fundamentais para uma parceria duradoura 

Toda a tipologia utilizada nos materiais de comunicação também foi baseada em cartas, placas e escritas que foram encontradas em embarcações. Utilizamos variações entre letras manuscritas, serifadas e desgastadas. 

Sobre as principais peças desenvolvidas 

Os quadros do Restaurante Tortuga

Como já citadas anteriormente, foram desenvolvidas 12 peças que retratam, ao longo do percurso de uma das entradas do Restaurante, toda a história do pirata Zulmiro. Desde suas experiências nos 7 mares, com detalhes sobre a expedição realizada para roubar um tesouro, até o seu exílio na cidade de Curitiba/PR. 

O relançamento do temático Restaurante Tortuga, em Curitiba/PR

Foto/Reprodução: Corredor de entrada do Restaurante Tortuga. Via: Amanda Rodrigues

Todo o design seguiu uma linha mais “old”, preservando e dando ênfase a características da época. 

Com detalhes de ilustrações feitas à mão e aplicações de fotos com efeito desgastado, cada item foi planejado com muito cuidado para garantir que a composição final ficasse harmoniosa, destacada e muito bem apresentada. 

Veja também: Conelly e 10 e 15: 10 anos de uma parceria de sucesso

Para fechar essa etapa com chave de ouro, as gravuras desenvolvidas foram aplicadas sobre molduras detalhadas que “conversam” com o restante dos elementos. 

Jogos americanos e papel toalha 

Além do background seguindo uma linha mais rústica, para estas peças (bem como para as redes sociais), foram cuidadosamente desenvolvidas também, ilustrações que contém elementos e personagens da “cultura pirata”. 

A técnica utilizada nesse caso foi a hachura, que define ilustrações feitas com o uso de caneta nanquim, sem utilizar outras cores, a não ser o preto. 

O relançamento do temático Restaurante Tortuga, em Curitiba/PR

Foto/Reprodução: Modelo de jogo americano desenvolvido para o Tortuga Restaurante. Via: Conelly Propaganda.

A ideia para o desenvolvimento das ilustrações partiu de um longo estudo e observação das técnicas existentes nos antigos livros e desenhos encontrados nos mapas dos piratas, sendo essa a técnica mais semelhante encontrada em relação a utilizada originalmente. 

Já para os jogos americanos, foram desenvolvidas frases com dialetos piratas e todas elas são voltadas a assuntos relacionados a rotina que eles tinham popularmente, assim como grandes viagens, companheirismo e bebida. 

Todos esses elementos, sem dúvida, garantem uma nova e ainda melhor fase ao nosso querido e tradicional Restaurante Tortuga, o qual temos imenso prazer de sermos parceiros de longa data.

[P.2] Portfólio: o que é, qual sua importância e como criá-lo?

[P.2] Portfólio: o que é, qual sua importância e como criá-lo?

Muitos profissionais têm um frio na espinha quando um recrutador pede o portfólio na hora de avaliar o conhecimento técnico. Isso porque muitos acham que montar esse portfólio é um “bicho de sete cabeças”, mas não precisa ser.

Veja também: os 4 pilares fundamentais de uma uma parceria profissional duradoura. 

Para iniciar um portfólio eficiente, basta você ter em mente qual será o seu objetivo e intenção com o material.

No post anterior, você pode conferir o que é o portfólio e qual sua importância, tanto para você, quanto para quem irá contratar seus serviços, seja cliente ou empresa.

Neste post agora, você irá ver qual a diferença entre este documento e o currículo, além de aprender a montar um portfólio bem apresentável. Confira. 

Mas qual a maior diferença entre um portfólio e um currículo?

O portfólio será seu maior aliado na busca por uma excelente colocação ou oportunidade em seu mercado de atuação. Em um currículo, é possível descrever e adicionar diversas experiências. Já o portfólio, garantirá aos interessados que você realmente entende do que faz e, ainda, apresenta seus grandes diferenciais em relação a outros candidatos. 

Portfólio: como montar de forma correta?

Foto/Reprodução: Apresentação de trabalhos através de portfólio online. Via: Igor Miske – Unsplash

Para fazer um bom portfólio, é necessário seguir algumas diretrizes simples. São elas: 

Definir o objetivo do seu portfólio

Como já citamos anteriormente, estabelecer o objetivo do seu portfólio é uma decisão fundamental para definir a base de toda a sua criação seguinte. Esse objetivo lhe auxiliará a saber a melhor organização, design e informações que serão incluídas no documento. 

Foque nos principais trabalhos realizados por você 

Portfólio: como montar de forma correta?

Definição de ideias e principais pontos a serem apresentados no portfólio. Via:Getty Images

Em seu portfólio você deve mostrar o que faz de melhor. O que não significa que deve esconder seu repertório, e sim focar em seus trabalhos mais interessantes, tanto para você, quanto para possíveis contratantes que o acessarão. 

Veja ainda: A conexão entre a publicidade e às evoluções tecnológicas 

Caso você possua uma vasta quantidade de materiais produzidos, certifique-se de fazer uma seleção entre eles. Um portfólio grande demais pode acabar se tornando cansativo, além de poder dividir a opinião de quem o consulta ao invés de gerar uma rápida aprovação.

São raros os casos de empresários e outros contratantes que dispõem de muito tempo e interesse para analisar um único portfólio. Por isso, seja breve e objetivo.

Portfólio: como montar de forma correta?

Foto/Reprodução: Análise de materiais. Via: Getty Images

Lembre-se de variar as peças e não repetir várias de uma mesma campanha. Por exemplo: para um portfólio de apresentação com 15 trabalhos, utilize apenas 3 peças de cada uma das campanhas. Isso já será suficiente. Do contrário, você pode gerar a impressão de que você só fez ou sabe fazer uma coisa. Lembre-se de que o seu portfólio deve ser a sua voz, apresentação e defesa.

Não esqueça dos créditos

Não esqueça de dar os devidos créditos as outras pessoas que fizeram parte de um projeto ou campanha com você. De antemão, você se apresenta de forma justa, colaborativa e honesta ao mercado, demonstrando o tipo de profissional e pessoa que você é.

Organize seus trabalhos por ordem de importância

Portfólio: como montar de forma correta?

Foto/Reprodução: Apresentação de trabalhos via portfólio, por ordem de importância. Por: NordWood Themes – Unsplash

A ordem em que seus trabalhos são apresentados fazem toda a diferença. Pare para pensar em quantos materiais um empregador analisa ao desejar preencher uma vaga. Se o seu material for muito extenso ou ainda tiver conteúdos fracos, é muito provável que seu nome e oportunidade irão para o final da fila.

E mais: 5 lições para tirar da reestruturação da editora Abril 

Comece seu portfólio com os melhores trabalhos realizados e com os que você acredita que sejam os grandes destaques de sua carreira. 

No meio do documento, adicione as peças que não simbolizam grande destaque, mas que também não são ruins. Em seguida, suba um pouco o nível adicionando peças melhores e finalize o material com peças tão boas e significativas quanto as do início. Isso serve para demonstrar o nível de seu portfólio e reafirmar a ideia de que a qualidade de seus trabalhos, é sempre linear.

Portfólio: como montar de forma correta?

Foto/Reprodução: Apresentação linear de trabalhos, através de portfólio. Via: Mel Poole – Unsplash

Um portfólio coeso do começo ao fim, consegue passar a sensação de um alto padrão de qualidade, tornando-o um destaque a quem quer que esteja o analisando. 

Se estiver na dúvida a respeito de peças medianas, não as coloque. Você só deve utilizar o que com certeza contribuirá com seus objetivos. 

Simplifique a visualização 

Um bom portfólio é, antes de qualquer coisa, agradável e interessante de se ver. Lembre-se de construir algo que desperte o interesse das pessoas, que gere empolgação a cada etapa. Ninguém quer dar continuidade a uma conversa chata ou a um filme tedioso. O mesmo não pode acontecer com seu portfólio.

Portfólio: como montar de forma correta?

Foto/Reprodução: análise de portfólio de candidatos. Via: Dai KE – Unsplash

Para lhe ajudar nesse sentido, tenha em mente que a leitura deve ser facilitada, tanto das imagens, quanto dos textos disponíveis.

Em relação às imagens, é importante deixar uma em destaque e em maior tamanho que as outras que estiverem apresentadas ao redor. Certifique-se de que todas conversem e combinem entre si. 

E, em relação aos textos, garanta para que sejam objetivos e interessantes. Nesse caso, menos é mais! 

Contraste

Muita atenção a qualidade das imagens disponibilizadas em seu portfólio. Dê sempre a prioridade a imagens de ótima qualidade, mesmo que isso signifique diminuir significadamente a quantidade de material apresentado. Isso facilita a visualização dos produtos e serviços oferecidos, além de tornar a experiência de contratantes muito mais agradável e objetiva.

Portfólio: como montar de forma correta?

Foto/Reprodução: Seleção de fotos para portfólio. Via: Pankaj Patel, on Unsplash

O contraste de cores é um ponto-chave. Por isso, cuide para que o balanceamento das imagens e cores esteja uniforme.

A capa do seu portfólio

Portfólio: como montar de forma correta?

Foto/Reprodução capa de apresentação do portfólio. Via Amith Nair – Unsplash

A capa deve ser pensada exatamente em  seu público alvo e no que ele gostaria de ver. Na capa, de continuidade a mesma linha de raciocínio disponível no conteúdo do portfólio. Siga um padrão de cores e de fontes para manter a coerente em seu material, do começo até o final. 

Veja também: as mudanças da educação na era digital .

Um portfólio bem produzido, com qualidade e coerência, pode te levar aonde você tanto sonha em chegar.

Portfólio: como montar de forma correta?

Foto/Reprodução: Reunião de definição de projetos novos em agência de propaganda.Via: X. Ventures – Unsplash

É preciso confiar em você. Caso você não esteja seguro, é muito provável que você precise de maior qualificação em algum ou alguns pontos do mercado em que deseja trabalhar. Feito isso, basta seguir as nossas dicas, correr atrás e acreditar. 

Veja também: O melhor ROI da história de uns dos nossos clientes. 

Ao analisarem o seu portfólio, o que mais será levado mais em conta será sua organização e o conjunto do que está sendo apresentado. Saiba vender a si mesmo e o seu seu trabalho.  Ao analisar todas essas características, você se colocará em constante processo de aprendizado e crescimento profissional que é, sem dúvida, essencial para alcançar uma carreira brilhante.

Whatsapp