Mídia externa: por que essa estratégia não deve ser deixada de lado

Mídia externa: por que essa estratégia não deve ser deixada de lado

Quem acha que a mídia externa como outdoors, painéis e outros formatos similares de divulgação está em desuso está muito enganado. Com as novas possibilidades do mundo moderno, o uso dos outdoors se atualizou. Sendo assim, é preciso acompanhar essas novidades e, acima de tudo, entender a sua importância.

No post de hoje, esclarecemos algumas dúvidas que você possa ter sobre o assunto e vamos convencê-lo de que é uma ótima ideia investir nessa estratégia.

Simples e eficiente

Não há nenhum segredo por trás de um outdoor. Em resumo, trata-se de um anúncio em uma grande área retangular (normalmente, de 27m²), visível a um amplo número de pessoas.

Dessa forma, não é à toa que esse formato é utilizado há milhares de anos. Existem, inclusive, relatos sobre seu uso (ou pelo menos uma ideia similar ao outdoor) na Roma Antiga, no século VIII.

No entanto, devemos considerar que não basta apenas colocar uma arte bonita e deixá-la exposta por alguns dias em um ponto de grande circulação de pessoas e carros. Antes de qualquer coisa, é preciso ter certeza de que a mensagem do outdoor é objetiva.

Imagine a seguinte situação:

Uma pessoa, a caminho do trabalho, resolve fazer um trajeto diferente com o carro. Nesse percurso, passa pelo outdoor de uma loja, que anuncia promoções. Se esse anúncio tiver muitas imagens, texto, números, etc. ela dificilmente conseguirá lê-lo a tempo (já que está com o carro em movimento e não vai parar apenas para observar o outdoor). Então, a estratégia acaba indo por água abaixo, pois apenas causou confusão à pessoa e não atingiu o objetivo da venda.

Sendo assim, teria sido muito mais eficaz se o anunciante tivesse optado por uma imagem, com uma pequena frase de atração. Considerando que a pessoa teve um período de 3 segundos, em média, para absorver aquela mensagem, isso seria o máximo de informação adquirida.

Entendeu o que queremos dizer com isso?

O seu anúncio no outdoor precisa ser planejado pensando nessa velocidade de consumo. A sua marca precisa convencer o público a adquirir um produto ou serviço. Dessa maneira, necessita causar um impacto, mesmo que inconscientemente.

Outro ponto que deve ser ressaltado é que nenhuma estratégia funciona sozinha. O outdoor precisa fazer parte de um plano  maior, com investimentos também em outros canais de mídia (off e online).

Mas, então, quais os benefícios de investir em outdoors?

A seguir, listamos algumas das principais vantagens deste canal de divulgação:

Disponibilidade. Seu anúncio estará sempre lá (durante o tempo determinado), faça chuva ou sol, dia ou noite, frio ou calor. São 24h à disposição de quem quer que passe. Você consegue imaginar a quantidade de pessoas que ele conseguirá, então, atingir?

Capacidade de fixação. Como resultado dessa grande disponibilidade, há uma grande probabilidade de a mensagem da sua marca fixar na mente do público. Vai dizer que você não lembra de nenhum outdoor que marcou sua memória nos últimos tempos? Isso é perfeito para enfatizar ainda mais o objetivo e, claro, conseguir resultados satisfatórios.

Grande cobertura. Os espaços para outdoor, normalmente, ficam em locais estratégicos, centrais ou de grande circulação de pessoas e carros. Sendo assim, os anúncios atingem um público enorme, de todas as classes, gêneros e idades. Em resumo, tem um alcance bastante democrático.

Inúmeras possibilidades. São 27m² para você usar a imaginação. É possível utilizar inúmeros apelos visuais. Tudo depende da sua necessidade e estratégia escolhida. Porém, lembre-se: nada de poluição. A informação ainda precisa estar clara e objetivo. Fora isso, explore a criatividade.

Não existe a opção de pular o anúncio. Diferente de uma propagando no YouTube, por exemplo, não há a possibilidade de o público clicar em um “X” e nunca mais ver o anúncio. O outdoor permanecerá no local e, convenhamos, ninguém vai mudar a rota, por exemplo, apenas para evitar passar por ele. Trata-se de uma mídia compulsória (é imposta) e você precisa usar isso para convencer e ser conhecido pelo público.

Invista agora mesmo em mídia externa 

Agora que você já descobriu alguns dos benefícios do uso de outdoors e como usar esse formato da melhor forma, não há por que não investir na opção. Mas, é claro que para isso você precisa contar com uma empresa especializada no assunto.

A Conelly é formada por uma equipe de profissionais com experiência e, com certeza, pode te ajudar a montar o planejamento perfeito.

Entre em contato conosco agora mesmo e alavanque sua marca!

Veja também:

Produções em vídeo: entenda como podem fazer diferença em sua estratégia

E mais: Saiba por que somos diferentes do que você já ouviu falar sobre serviços de propaganda?

Produções em vídeo: entenda como podem fazer a diferença em sua estratégia

Produções em vídeo: entenda como podem fazer a diferença em sua estratégia

Lembra quando falavam que o marketing digital ia acabar com o offline? Bem, isso não ocorreu. Então, nessa linha de raciocínio, é inválido pensar que o vídeo vai tornar o texto escrito obsoleto. No entanto, é preciso considerar a importância que as produções em vídeo possuem.

Você sabia que 98% dos usuários da internet consomem vídeos e dedicam pelo menos 3h do dia a isso? Esses dados foram retirados da pesquisa Global Digital Report 2019. Sendo assim, por que não investir nesse tipo de produção, não é mesmo?

Nós, da Conelly, preparamos um post dedicado a mostrar alguns dos benefícios em utilizar vídeos em suas estratégias de marketing. Continue a leitura para saber mais:

De quais formas é possível utilizar essas produções em vídeo?

Em resumo, as possibilidades de uso de tais conteúdos são várias. Sua marca pode utilizá-los, por exemplo, para:

  • Apresentar o negócio ao público;
  • Falar sobre o mercado em que atua;
  •  Apresentar e divulgar um produto ou serviço;
  • Fortalecer a imagem da marca diante as pessoas;
  • Campanhas publicitárias como um todo.

Contudo, como dissemos, esses são apenas exemplos e tudo depende da demanda do seu negócio. Além de tudo, ainda é necessário decidir o canal de veiculação desses vídeos – mídia off ou online.

Seja como for, é preciso contar com uma equipe especializada no assunto, afinal, você não quer investir em algo que não tenha um resultado satisfatório, não é mesmo?

Quais as vantagens das produções em vídeo?

Produções em vídeo: entenda como podem fazer a diferença em sua estratégia. Foto/Reprodução: Mariana Schactae - Conelly

Sem dúvida, conteúdos em vídeo influenciam positivamente na conversão do seu público em cliente. Mas, existem outros benefícios em utilizar este formato e, a seguir, explicamos alguns para você. Confira:

  • Poder de persuasão: devido ao fato de ser muito mais fácil se expressar por vídeo, não há nada que não possa ser explicado de maneira mais simples. Sendo assim, atingir o público e causar comoção em poucos minutos é um ponto a favor do vídeo.
  • Tráfego orgânico: o número de pessoas que chegam ao seu site organicamente, ou seja, sem ser através de um anúncio, é muito maior. De acordo com a pesquisa The State of Video Marketing, de 2020, pelo menos 87% das marcas percebem o aumento do tráfego orgânico após divulgar um vídeo, seja nas redes sociais ou em qualquer outro canal.  
  • Engajamento nas redes sociais: você sabia que vídeo é o formato que mais gera alcance nas redes sociais? Dessa forma, o engajamento cresce consideravelmente. Isso é positivo para o funil de vendas, já que o número de interessados na sua marca também aumenta.
  • Melhor posição nos mecanismos de busca: não é só de texto que um bom ranqueamento é feito. Vídeos no YouTube, por exemplo, também contribuem para isso e, como melhoram a experiência do lead, são levados em consideração pelo Google. Consequentemente, aqui está mais uma chance de tráfego no site do seu negócio.

Qualidade é tudo

É claro que de nada adianta produzir um vídeo de forma leiga ou sem qualidade alguma. Acredite, isso vai refletir na sua credibilidade para o público (de maneira negativa). Sendo assim, como já falamos anteriormente, uma equipe profissional é mais do que recomendada.

Nós, da Conelly, temos expertise no assunto e já produzimos materiais nesse formato para vários clientes. Não deixe de entrar em contato conosco para tirar qualquer dúvida que possa ter!

Já que está por aqui, aproveite para compartilhar este post. Dessa forma, mais pessoas poderão conhecer a importância das produções em vídeo!

Tráfego pago: saiba mais sobre essa estratégia

Tráfego pago: saiba mais sobre essa estratégia

Tráfego nada mais é do que a audiência do seu site e isso, obviamente, é algo que as empresas estão em constante tentativa de melhora. Para isso, é preciso aumentar a visibilidade do seu site e uma das melhores formas de fazer isso é com o tráfego pago.

Continue a leitura deste post para saber mais sobre tráfego pago e descobrir se você deve investir nessa estratégia. Vamos lá!

O que é tráfego pago?

Esta ferramenta se refere, basicamente, ao investimento feito em plataformas ou sites para que esses mostrem anúncios do conteúdo do seu negócio para seus visitantes. Esse investimento é o que difere o tráfego pago do orgânico (no qual os acessos ao seu site são feitos de forma espontânea).

Você deve estar se perguntando, então, por que pagar por uma estratégia se pode ter o mesmo resultado sem esse gasto, certo? Bem, a resposta é simples: os resultados com o tráfego pago são significativamente mais expressivos e podem ser percebidos mais rapidamente

O tráfego orgânico, por sua vez, exige mais tempo e técnica, e é um processo contínuo. Isso não significa, no entanto, que não se deve trabalhar o tráfego orgânico também. Afinal, juntas, essas duas estratégias podem alavancar os resultados positivos da sua marca.

Quais os benefícios em utilizar a estratégia?

Com certeza, a maior vantagem do tráfego pago, como já dito, é a velocidade em que os resultados são percebidos. Como consequência, o seu negócio tem a oportunidade de obter uma maior visibilidade em um menor tempo.

A partir desse primeiro contato, é possível definir outras estratégias de marketing para manter esse potencial lead. Além disso, você pode ainda escolher as ações que serão divulgadas com o tráfego pago. Você pode usá-lo para a divulgação de um novo produto ou serviço oferecido, por exemplo.

Outro benefício do tráfego pago é que você decide também  o orçamento para esse investimento, então, não precisa necessariamente pagar uma quantia muito alta logo no início.

tráfego pago foto reprodução pch vector freepik

Quais as melhores plataformas para tráfego pago?

A escolha da melhor plataforma para seus anúncios depende de você e da percepção de onde a sua persona está. A seguir, damos exemplos de alguma dessas fontes:

  • Google Ads: um dos mais utilizados atualmente, isso porque, os anúncios ficam no topo ou na lateral da própria página de busca do Google. Um diferencial da plataforma é que ela oferece a oportunidade de fazer testes A/B, assim você consegue ver qual anúncio tem um melhor desempenho.
  • Facebook Ads: exibe anúncios dentro da rede social e também possui a opção de segmentar o público que terá acesso ao seu conteúdo. Assim, seu investimento se torna ainda mais certeiro.
  • Instagram Ads: com 1 bilhão de usuários ativos por mês, o Instagram se tornou uma ótima plataforma para divulgar seus anúncios. É possível criá-los em diversos formatos, tais como foto, vídeo, Stories, etc.

Como dissemos acima, essas são apenas algumas opções de plataforma para tráfego pago, mas existem inúmeros outros (LinkedIn Ads e YouTube Ads, por exemplo).

O segredo é conhecer seu público-alvo

Agora que você já sabe o que é o tráfego pago e motivos para investir nele, pode começar a planejar a melhor forma de utilizar essa estratégia. 

Você deve ter percebido que opções não faltam, é preciso apenas conhecer o melhor canal para divulgar. Quanto mais você estudar a sua persona e saber o que funciona para ela, mais retorno positivo terá com o tráfego pago. Então, comece agora mesmo!

O que achou deste post? Não deixe de compartilhar nas suas redes sociais!

Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários ou então entre em contato com a nossa equipeEsperamos por você!

Leia também:

Inbound e Mídia Paga: saiba como funciona e a importância para seu negócio!

E-mail marketing sem ser spam: como fazer e quais são as diferenças?

E-mail marketing sem ser spam: como fazer e quais são as diferenças?

Apesar de praticado por inúmeras empresas, o envio de spam, além de inadequado, pode ainda minar suas estratégias e negócio. Saiba como enviar e-mail marketing de maneira adequada e vantajosa por meio de algumas indicações simples: 

Se você acompanhou nossos últimos artigos, além de aprender sobre o que se trata a jornada de compras e sua extrema relevância, pôde também saber como colocá-la em prática. Entre as estratégias fundamentais para negócios relacionados a quaisquer mercados, que desejam ter excelentes resultados, está a nutrição do público.

Mesmo após ser direcionado ao fundo de funil e realizar uma compra, é fundamental continuar cuidando desse contato, a fim de estimular confiança e autoridade sobre seu produto/marca, além de fomentar novas compras.

É nesse momento que o seu cliente necessita saber que fez uma excelente escolha optando por sua marca! 

Você pode, por exemplo, enviar promoções especiais, cupons de desconto ou informá-lo previamente sobre uma nova campanha, para que ele se sinta privilegiado de alguma forma.

Compreendendo esses recursos, é essencial saber como fazer um e-mail marketing interessante ao seu público, sem ser invasivo, que é o que acontece com empresas que disparam spam.

Pensando nisso e como lhe ajudar ajudar a nutrir seus espectadores com conteúdos interessantes e promoções exclusivas, preparamos para você algumas indicações relevantes.

Acompanhe-as a seguir:

Mas, o que é e-mail marketing?

O e-mail marketing é uma estratégia muito empregada no meio digital, que tem por objetivo enviar conteúdos informativos e também promocionais a uma lista específica de contatos.

Geralmente, esta lista está baseada em pessoas que têm ou já o demonstraram interesse anteriormente em seus produtos e serviços, podendo ser atraídas (no caso da nutrição de clientes) com oportunidades, para que interajam mais com a sua marca, incentivando a fidelização e, consequentemente, novas compras.

Como o e-mail marketing funciona?

Na prática, o e-mail marketing funciona da seguinte forma:

É realizado primeiramente um disparo de uma mensagem para uma segmentação de contatos por meio de uma ferramenta que disponibilize a opção. É importante saber que não é uma automação, pois está relacionado a mensagens de disparos individualizados e não a uma sequência que sistematiza outras ações.

Qual a diferença entre disparo de spam e de e-mail marketing?

Apesar de muitas pessoas associarem uma coisa à outra, a verdade é que há uma grande diferença entre e-mail marketing e spam. Entenda:

Entre as principais características que diferem uma opção da outra está, primeiramente, a permissão de quem o recebe.

No caso de spam, os e-mails são recebidos por milhares de pessoas que sequer permitiram o envio.

Devido a isso, eles são conhecidos por serem muito desagradáveis aos usuários, pois, além de encher a caixa de e-mail, muitas vezes não interessam aos hábitos de consumo daquele indivíduo.

O e-mail marketing, por outro lado, é enviado somente com o consentimento do titular. Isso  também beneficia a quem envia, já que se trata de um lead realmente interessado no que se tem a mostrar.

Por que tantas empresas dão, então, preferência ao envio de spam?

Apesar de incomodar muito menos e ser mais assertivo, no que diz respeito ao público, criar uma grande lista de contatos interessados requer algum tempo. 

Período esse que nem todas as empresas acreditam ser válido e importante esperar.

Muitas acabam, por isso, optando por simplesmente fazer uso de um software que mande e-mails a milhares de pessoas de forma não autorizada, com intuito de realizar alguns acertos e chegar a possíveis interessados. No entanto, apesar de ser popular, essa técnica é constantemente contraindicada, tendo em vista que, mesmo conseguindo um interessado dessa maneira, no mesmo período terão inúmeros insatisfeitos com sua marca.

Apesar de necessitar de mais esforço, o e-mail marketing compreende inúmeras vantagens. Sendo elas:  

1 – Oportunidade de segmentação

Ao ter um indivíduo cadastrado para o recebimentos de e-mails de sua marca, existe uma possibilidade de solicitar mais informações, para que conteúdos mais específicos e assertivos sejam enviados posteriormente. 

É o caso, por exemplo, das distinções por localidade, idade, interesses, etc.

Se uma promoção é válida apenas para uma cidade, você não perderá tempo, nem o fará com os clientes que não residem na mesma.

O similar não ocorrerá com produtos e serviços voltados ao público jovem, sendo enviado a clientes da melhor idade, etc. 

2 – Agilidade em comunicar

Sobre os principais benefícios da opção está o poder de alcançar, em alguns segundos, milhares de e-mails/pessoas.

Além disso, é fácil medir o resultado de uma campanha de e-mail marketing por meio do uso de links e parâmetros próprios nas mensagens por e-mail.

3 – Terá maior visibilidade

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dentre as principais razões da população para ter acesso à internet está a utilização do e-mail.

Isso significa que, dentre as diversas pessoas conectadas, em todo o mundo, a maioria delas consultará sua caixa de e-mails em algum momento.

Com isso em mente, é uma excelente estratégia ter sua marca exibida nesse ambiente.

4 – Um convite facilitado à interação

Basta um clique na mensagem enviada por sua marca para o lead ou cliente para que os mesmos sejam imediatamente direcionados ao seu site, redes sociais com novidades ou ainda a uma resposta ao que foi enviado. Até mesmo para solicitar a exclusão da lista e parar de receber esses e-mails por não ter mais interesse. O que também é bom, já que traz ganhos e maior assertividade nesses conteúdos enviados por sua organização.

5 – Excelente custo-benefício

Fora todos os benefícios já citados, quando colocamos no papel o custo para envio e recebimento de e-mail, podemos analisar que ele é quase nulo, considerando, principalmente, que o retorno de uma campanha bem planejada de e-mail marketing pode ser enorme.

Além disso, é possível desfrutar de uma relação de credibilidade entre a empresa e o cliente, analisando todos esses preceitos. 

Agora que você já sabe o que é o e-mail marketing e quais são suas principais vantagens, que tal saber como fazê-lo por meio de um passo a passo simplificado? 

Acompanhe em nosso próximo post!

Fique ligado em nossas redes sociais também para receber as novidades em tempo real!

Leia também:

Estratégia de marketing: conheça algumas das etapas que farão toda a diferença em seu negócio

Inbound e Mídia Paga: Saiba como funciona e a importância para o seu negócio!

Inbound e Mídia Paga: Saiba como funciona e a importância para o seu negócio!

Muito fala-se sobre o Inbound Marketing e, navegando pela internet, podemos encontrar uma série de definições e explicações a respeito.
Hoje esclareceremos o termo e traremos a sua importância, segundo a nossa ótica.

Acompanhe!

Em síntese, trata-se de um conjunto de estratégias e táticas de marketing digital elaboradas com o objetivo de oferecer resultados por meio de um conteúdo interessante para o seu cliente ou usuário, não gerando mais interrupções e sim interação através de um conteúdo relevante que ele mesmo (o cliente) esteja em busca ou que, de alguma forma, seja detectada a sua necessidade.

Para isso, temos diferentes “packs” dependendo do perfil de cada cliente e da relação investimento x resultados.

Como cada um dos nossos parceiros possui objetivos e segmentos diferentes de negócio, procuramos encaixar cada um no estilo que melhor se adéqua a essa relação. Essas ações, para serem efetivas, também demandam equipe especializada, monitoramento constante e além disso, estudo contínuo sobre as novidades e tendências de cada mercado.

Em resumo, as explicações dadas na teoria mudam de cenário quando partimos para a prática.

Isso significa que não é possível realizar um trabalho bem feito de inbound ou qualquer outra estratégia de marketing sem planejamento ou sozinho, sem se atualizar e estar em contato direto com as últimas tendências e alterações desse mundo tão dinâmico em que se transformou a propaganda e as mídias digitais.

Na busca por resultados e de uma relação mais próxima com os consumidores, utilizamos  recursos como:

  • E-mail marketing;
  • CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente);
  • Mídias pagas (Facebook Ads, Google Ads), entre outros.

Além disso, procuramos ainda atrair o cliente por meio de conteúdo segmentado (Blogs), Social Media ou SEO e buscamos converter o mesmo através de Call to Action ou Landing Pages.

Todo esse esforço em prol de alguns objetivos.

Sendo eles:

  • Gerar vendas;
  • Criar afinidade com a marca ou conquistar esse consumidor.

Tudo alinhado com os objetivos de cada cliente e o que é definido como “lead” para cada campanha específica.

Funcionamento do Inbound Marketing

Inicialmente é essencial atrair novos clientes para o seu site. 

Para isso, é preciso utilizar blogs e sites referenciais, auxiliando o usuário a lhe encontrar ao entrar em buscadores, como o Google, por exemplo.

Um meio muito eficiente de atrair esses visitantes é fazendo o uso das redes sociais, já que, por meio dessas, as pessoas buscam se aproximar das marcas e ter uma relação mais pessoal com elas.

Feito isso, é preciso converter!

Nessa etapa, o seu visitante ou usuário se transforma em um “lead” e, se esse for bem informado e conquistado, posteriormente pode se tornar um cliente.

Entenda o Lead

O “Lead” é caracterizado ao se oferecer um conteúdo em troca de algum contato com essa pessoa. 

A exemplo disso, podemos citar os e-books, em que o visitante se cadastra, deixa o seu e-mail entre outras informações e tem acesso a um conteúdo específico disponibilizado por sua empresa.

Seguindo o fluxo do Inbound, é preciso se aproximar do seu possível cliente, entendendo seus anseios, necessidades e objetivos. O importante nesse ponto, deve ser sempre manter um bom relacionamento, pesquisando e tentando oferecer seu produto ou serviço com algum diferencial, fazendo com que você se destaque frente à concorrência.

Mídias Pagas

Investir é essencial!

A mídia paga é quando realizamos uma série de estratégias de exposição de marca em troca de pagamento.

Investe-se para que a empresa ou negócio tenha maior visibilidade. 

A regra é básica, investe-se em Facebook Ads ou Google Ads, a citar como exemplo, a fim de que a empresa ou marca seja vista e reconhecida. Aumentando o contato das pessoas com a sua marca, a tendência é observar esse crescimento também nas conversões, desde que as estratégias elaboradas estejam adequadas ao seu negócio e público.

Uma grande vantagem nas mídias digitais é que podemos segmentar o público, seja por região, idade, poder aquisitivo ou também preferências. 

Isso permite a você estar mais próximo ao seu consumidor potencial.  

Tendo isso em vista, nossa dica é combinar a sua publicidade com conteúdo interessante, estudando os melhores canais de divulgação e, por conseguinte, despertando o interesse de seu cliente.

Ficou com alguma dúvida?

Deixe uma mensagem ou entre em contato com a nossa equipe, teremos o maior prazer em esclarecer!

Veja também: 

Empreendedorismo online: 6 dicas para começar acertando!

Marketing de conteúdo e funil de vendas: Conheça a relevância da relação!

Gestão de tempo: Conheça sua importância e dicas de como fazê-lo em seu ofício

 

Muitos leads e pouca conversão? Saiba porque isso ocorre e como reverter essa realidade

Muitos leads e pouca conversão? Saiba porque isso ocorre e como reverter essa realidade

A geração de muitos leads permeia um dos principais objetivos e desejos a serem atingidos quando falamos em estratégias de marketing. No entanto, mesmo quando alcançado bons resultados nesse quesito, é questionado o porquê não conseguir convertê-los. Um problema mais comum que se pode imaginar. E é sobre reverter isso que falaremos hoje. Acompanhe!

Sabe quando você tem acesso a inúmeros leads e dados valiosos, mas não consegue convertê-los?

Quando isso acontece, alguns fatores devem ser analisados, sendo alguns deles:

Primeiro: Como esses leads estão sendo tratados;

Segundo: Como os dados obtidos têm sido trabalhados.

Além de se obter leads qualificados, é essencial perguntar-se se os mesmos estão sendo atendidos de maneira adequada.

Se você tem se deparado com o insucesso, muito provavelmente está com falhas em seu processo. Sobre isso, indicamos analisar:

1- A entrega de leads

Primeiramente, é essencial garantir que a entrega de leads está sendo feita da maneira desejada. 

O que isso significa?

Que os dados estão de fato chegando ao seu Pipedrive ( uma plataforma CRM criada para simplificar a gestão de vendas de empresas em desenvolvimento)

Em um segundo momento, analise como o contato com esse cliente em potencial está sendo feito.

É imprescindível nesse passo alinhar o método de abertura da conversa e baseá-la no mesmo nível de interação apresentado pelo lead. 

Isso induz que um relacionamento deve ser constituído com esse cliente, envolvendo seu time de marketing e de vendas de maneira conjunta.

De nada adianta, por exemplo, contar com uma excelente estratégia para atrair os leds e obter informações dos mesmo se, na ponta, o atendimento de seu pessoal não for adequado quando entrado em contato para mais informações e oferta de promoções e serviços realizados por sua empresa.

2- A linguagem utilizada por sua equipe de vendas

Como já dissemos, adequar a linguagem dos profissionais de vendas é essencial para a efetividade do lead, bem como a manutenção do relacionamento de forma contínua com esse cliente em perspectiva.

Muitas vezes, por se deparar com uma extensa base de dados, não ter obtido o treinamento adequado ou ainda por falta de motivação, o time de vendas dentro de uma organização pode criar um discurso automático e muito pouco interessante ao lead.

Isso frequentemente acaba por esses profissionais não conseguirem, de fato, entender a dor e necessidade desse comprador em potencial.

Uma postura que interfere significamente na geração de efetivos resultados.

É interessante desenvolver uma conexão personalizada e atenta ao lead

Se houverem dúvidas enquanto a capacidade de efetivação desses contatos, por meio do time de marketing da sua organização ou agência contratada para fazê-lo é possível obter diretrizes do que pode ser melhorado nesse atendimento.

Nesse caso, pode ser informado a esses profissionais a metodologia utilizada ou ainda uma gravação desses contatos pode ser ouvida por esses para que seja realizado um diagnóstico mais preciso.

Dessa maneira, possíveis falhas poderão ser corrigidas, permitindo assim, um processo mais assertivo em todas as suas fases, para que haja de fato a conversão de grande parte dos leads obtidos.

3- A adoção do uso de um software de CRM de vendas

Fora adaptar seus processos de estratégia e vendas para alcançar melhorias, direcionando seus leads ao fundo do funil de vendas, é muito importante organizar as informações adquiridas com um software de CRM.

Com uma ferramenta apropriada, é possível obter mais clareza para toda a organização e, além de tudo, contar com a visualização da efetividade e desenvolvimento das informações disponibilizadas.

4- Como são tratadas as objeções no processo

Ao estarmos devidamente alinhados às ideias e propósitos de nossos clientes, menores serão as chances de surgirem inúmeras objeções no decorrer do projeto.

Preparar-se antecipadamente para os problemas que podem surgir e realizar as adequações necessárias são algumas das principais metodologias de nosso trabalho e, por funcionar em grande parte das vezes que indicamos que você procure fazer o mesmo em sua empresa.

Acredite, é muito mais fácil adaptar-se de antemão, do que fazê-lo enquanto um grande problema é enfrentado.

No processo de venda, o mesmo deve ser empregado. Em alguns momentos, o fato de um lead não ter se convertido pode ser associado também ao fato de objeções não terem sido trabalhadas no tempo adequado.

Gostou dessas indicações?

Em nosso blog você encontra diversas semanalmente para alinhar seu negócio de maneira mais eficiente.

Ficou com alguma dúvida?

Entre em contato com nosso time! 

Teremos um grande prazer em ajudar a fazer seu negócio decolar e encontrar as soluções de que precisa para isso. 

Veja também: 

Marketing de conteúdo e funil de vendas: Conheça a relevância da relação!

Jornada de Compra: Saiba o que é, como funciona e os seus benefícios para uma organização ao colocá-la em prática 

Instagram Business: Conheça atualizações que chegaram para auxiliar pequenos empreendedores

 

Whatsapp