Os 4 pilares fundamentais para uma parceria profissional duradoura

Os 4 pilares fundamentais para uma parceria profissional duradoura

Desde o início das atividades da Conelly, em 1999, consideramos e procuramos manter em pé os pilares fundamentais nas relações com nossos clientes e, também, nas contratações de nossos colaboradores.

Sempre enfatizamos que, a cada contrato assinado, temos em mãos mais do que novos parceiros, temos empresas e pessoas com quem procuramos manter uma aliança forte e uma relação de amizade e confiança. Um dos méritos que temos grande orgulho é a parceria duradoura que conseguimos manter com a maioria desses clientes.

Conheça nossos 4 pilares fundamentais para que esse objetivo se concretize:

 

Entender o cliente

O principal pilar considerado pela Conelly, fundamental nas relações B2B, é entender o cliente.

Mais do que empresas e CNPJs, os clientes são pessoas e possuem suas particularidades. Primordialmente, procuramos conhecer e entender de forma detalhada a cada um. Compreender o tipo de negócio, o mercado em que atua, seus valores e todas as suas características. Esse pilar naturalmente transcende a relação cliente-agência e se transforma muitas vezes em uma amizade especial e verdadeira.

 

Entender o cliente do cliente

Como estratégia interligada, obviamente é preciso entender os clientes dos nossos clientes. Atualmente vivemos na era do Marketing 4.0, onde os objetivos e tomadas de decisões devem ser centrados no ser humano e seus comportamentos para entendermos a sua jornada de necessidades e consumo.

 

Foco em resultados e na realidade

Nossos principais focos são a construção de marcas e a apresentação resultados aos nossos clientes no médio e longo prazo, dentro das possibilidades e dos objetivos traçados em conjunto. Não somos uma agência que fantasia e cria ideias mirabolantes, ótimas e empolgantes para serem discutidas em reunião mas na prática pouco efetivas e “não executáveis”. Trabalhamos com o pé no chão, com transparência e dentro da realidade de cada cliente, o que faz com que sejamos mais efetivos.

Aliado aos resultados, dentro de uma parceria duradoura, estabelecemos uma estreita linha de confiança, devido ao comprometimento de proporcionar efeitos positivos das nossas ações e estratégias.

 

Ativismo híbrido

A partir do momento que os três pilares anteriores são compreendidos, entende-se que as empresas, em particular as agências de publicidade, não devem limitar os seus esforços em um só nicho de atuação.

A Conelly, como um todo, busca não ser uma empresa passiva, mas ativa em alinhar com cada cliente as melhores ações para cada momento, novamente, dentro da realidade de cada um.

Entre nossos clientes, trabalhamos como princípio ativo dentro de quase todos os setores essenciais no meio empresarial: marketing interno e externo, publicidade e propaganda, gestão de recursos humanos, aliado na gestão financeira e até participação em projetos e novos negócios, quando necessário ou solicitado.

 

Ao longo da análise desses 4 pilares fundamentais construímos parcerias duradouras com nossos clientes, onde atualmente mantemos contratos ativos há mais de 10 anos.

Quer saber mais sobre nossa forma de atuação com nossos clientes? Entre em contato conosco e conheça mais.

 

Conelly Master Media – não mudamos conceitos, criamos tendências.

Entendendo o Marketing Offline

Entendendo o Marketing Offline

Muitas pessoas pensam que o Marketing Offline se tornou obsoleto com a popularização da Internet, e do marketing digital, por consequência.

O meio online está cada vez mais consolidado. Ele toma conta de todas as áreas da nossa vida. Com a evolução digital, as segmentações do marketing aumentaram e surgiu o conceito de que haveria o marketing online e o marketing offline.

Marketing online seria tudo aquilo que passa pela internet, como e-mail marketing, mídias sociais, websites, etc. O marketing offline, são as ações realizadas fora da internet, como outdoors, pontos de venda, panfletagem, etc.

É importante ressaltar que apesar do estigma de “velho marketing” colocado no marketing offline, ele não está nem um pouco ultrapassado. Pelo contrário: a sua importância pode ser vista todos os dias por todos nós. Sua eficácia depende da estratégia, objetivos e público-alvo de cada campanha.

O que é o marketing offline?

O marketing offline se baseia em estratégias mais tradicionais de promoção e divulgação de um produto ou serviço.

Essas práticas existem há algumas décadas. Elas ainda têm um efeito muito significativo na promoção de conteúdo e estão muito presentes em nosso cotidiano.  

Como panfletos, outdoors e anúncios em jornais ou revistas; comerciais na televisão e no rádio; realização de eventos e ações de trade marketing.

O marketing offline tem como característica principal estabelecer uma relação de confiança e credibilidade com o seu público-alvo. Além disso, o offline se caracteriza por uma comunicação de massa e o alto poder de penetração.

Ele também tem a capacidade de aumentar o reconhecimento de um produto, serviço ou marca, que impulsiona sua identidade e aumenta a convicção dos potenciais clientes com o que está sendo oferecido.

A mídia off ainda funciona?

A resposta é sim. Contudo, o funcionamento de toda estratégia depende de diversos fatores, como o público-alvo, tipo de ação e o objetivo. Cada cliente e campanha possuem um objetivo e é aí que a estratégia e planejamento precisam ser eficazes para atrair os melhores resultados.

Temos cases recentes com o uso de mídia off que conquistaram resultados satisfatórios para os nossos clientes. Por isso, dizemos: conheça o seu cliente, e conheça o público que seu cliente quer atingir.

O mais importante é sempre tentar entender quem é o seu cliente, pois a partir disso fica mais escolher uma estratégia de marketing, além disso essa estratégia tem muito mais eficiência para o seu negócio.

Como unir offline com o online?

Por ser uma agência que começou com uma raiz off, a Conelly busca aliar, quando possível, os meios off e on na hora de planejar a estratégia de cada campanha. Por isso, seguimos algumas regras para definir quando usar as estratégias combinadas.

O primeiro ponto é que uma estratégia não precisa necessariamente substituir a outra. É possível e muito vantajoso aliar o offline com o online. O ideal é que esses métodos se complementem e criem uma estratégia bem definida e certeira.

O importante é criar campanhas offline que levem potenciais clientes para as plataformas digitais da empresa e assim promover ações online que despertam no público o desejo de ir até a loja física

A estratégia de marketing é o planejamento de todas as ações usadas para divulgar uma marca, produto ou serviço e, consequentemente, atrair mais clientes.

Esse planejamento deve ser acompanhado constantemente para ter certeza de que os resultados esperados para cada uma das ações previstas serão realmente positivos e, principalmente, para melhorar o que precisa de ajustes.

O sucesso de qualquer uma delas depende de como elas foram realizadas, de seu público e, é claro, do tipo de seu negócio.

A Conelly Master Media está diretamente ligada com seus parceiros. Antes de definir a estratégia, os clientes são estudados para traçar o melhor planejamento e escolher o melhor caminho. Entre em contato conosco!

Pantone anuncia cor para 2019

Pantone anuncia cor para 2019

A tendência de cor para 2019 foi anunciada no dia 06 de dezembro. A Pantone é uma  marca norte-americana mundialmente conhecida e considerada uma autoridade em cores.

Anualmente, ela determina a coloração que fará parte do estilo de comunicação no próximo ano. A indústria da moda, design de interiores e outras plataformas, também imergem na paleta de cores.

A pesquisa aprofundada da Pantone abrange a indústria de entretenimento, filmes, exposições de artes, destinos de viagem, decisões de compra, entre outros dados coletados para o estudo. A análise quantitativa permite que a empresa determine a cor que será tendência para o ano seguinte.

A cor do ano na propaganda

Para a indústria da moda, a cor indica como serão as peças de roupas. Para designers de interiores, a tonalidade de uma parede. A cor de um móvel, para a indústria moveleira. Mas e para a propaganda, o que muda?

Acompanhar as tendências também é importante na área de comunicação. A inserção da cor do ano em uma peça publicitária demonstra que, tanto cliente quanto agência estão alinhados com as novidades.  

Afinal, qual será a cor para 2019?

cor para 2019 pantone Conelly Master Media

Fonte: pantone.com

As cores inspiram as experiências humanas e até influenciam as decisões de compra. Animada e cheia de vida são adjetivos utilizados pela Pantone para qualificar a cor para 2019: a Pantone Living Coral.

A variação de um laranja vibrante, com uma adição de subtonalidade dourada, traz a leveza do mundo em constante transformação.

Segundo Laurie Pressman, Vice-Presidente da empresa, a cor representa um momento de mudança que está acontecendo na cultura. “Nós procuramos por cores que nos abraçam e transmitam calor em um ambiente que está em constante mudança”, afirma Laurie.

Um momento de otimismo

Assim como o Greenery, cor de 2017, o Living Coral transmite otimismo. Além disso, é uma cor quente e viva e já está presente no dia a dia das pessoas. Em 2018, ela já apareceu nas passarelas de moda, design de interiores e também em alguns gadgets tecnológicos.

cor para 2019 pantone Conelly Master Media

Reprodução.

Após o anúncio da Pantone, a tendência é que vejamos cada vez mais essa tonalidade de coral presente em campanhas publicitárias, peças de design e produtos em geral.  

Desde que começou a lançar a cor do ano, em 2000, a empresa foi responsável por identificar e ditar diversas tendências com o passar dos anos.

Conelly e Cartom: uma parceria de sucesso

Conelly e Cartom: uma parceria de sucesso

A colaboração entre a Calçados Cartom, indústria de calçados de segurança de Imbituva – PR, e a Conelly é uma parceria que deu certo. Nós acreditamos que esses encontros são fundamentais para o crescimento de todos, tanto dos nossos clientes quanto o nosso.  

Por isso, cada ação desenvolvida por nós é minimamente pensada para que a marca atinja os objetivos propostos, de forma eficaz e certeira.

Com isso em mente, criamos em conjunto com o cliente, a campanha Desafio Cartom, cujo objetivo era mostrar os produtos da marca ao seu público consumidor. A ação aconteceu em parceria com o Programa do Ratinho, do SBT, em formato de merchandising.

Como funcionou o Desafio Cartom?

ratinho desafio cartom conelly master media

A ação Desafio Cartom foi realizada no Programa do Ratinho.

Desde o mês de abril, a Calçados Cartom desenvolve a parceria com o programa do SBT. A ação  é apresentada no programa com a exibição da marca e dos produtos em questão para o público. Toda a campanha foram desenvolvidas em conjunto conosco.

Para participar do desafio, o profissional precisava preencher um cadastro no site ‘desafiocartom.com.br’ e confirmar algumas informações sobre a empresa para qual prestava serviço e sobre a utilização de equipamento de proteção individual (EPI).

Com as informações verificadas e confirmadas, cada profissional recebeu onze pares de calçados, um para si e dez para seus colaboradores.

Com isso, foi possível que os inscritos e demais profissionais analisassem a qualidade, o conforto e a segurança dos Calçados Cartom e de toda a marca.

Leia mais
Emplacamos mais uma mídia nacional
Coffee Business: como melhorar o relacionamento com o cliente

Focando no consumidor

A Cartom produz calçados para todo o Brasil, em uma média de 18 mil pares de calçados por dia.

O Desafio Cartom tinha como público-alvo engenheiros do trabalho e técnicos de segurança, que recebiam os produtos da Cartom para avaliar o conforto e qualidade da marca.

Dessa forma, os consumidores finais se familiarizaram com os produtos e puderam conhecer com suas próprias mãos um pouco mais da marca, que está entre as três maiores produtoras de calçados de segurança no país.

 A ação foi finalizada na última semana de junho e teve como resultado mais de mil leads obtidos a partir dos cadastros e inúmeros calçados enviados para todo o país. Essa foi uma oportunidade de mostrar e comprovar para os clientes a qualidade dos produtos.

As parcerias são essenciais para o crescimento e sucesso de todos. Nós acreditamos que ações como essa que aliam o offline (televisão) com o digital, trazem ótimos resultados para as marcas.

Segundo nosso CEO, João Godoy, o Desafio Cartom tinha dois objetivos principais: “o primeiro era medir o resultado imediato da audiência do programa, já que este foi o único canal utilizado para divulgação. O segundo era fazer com que engenheiros do trabalho ou técnicos de segurança do trabalho pudessem atestar a qualidade e a segurança dos produtos Cartom na prática, junto aos seus colaboradores”.

Ações como essa fortalecem a imagem da marca e ajudam a aumentar o seu alcance e público. E com um planejamento estratégico focado no branding, os resultados não poderiam ser outros.

Quer saber mais sobre o que podemos oferecer para a sua empresa? Entre em contato conosco!

5 lições que podemos tirar da reestruturação da Editora Abril

5 lições que podemos tirar da reestruturação da Editora Abril

Provavelmente você deve ter acompanhado as notícias relacionadas à reestruturação da Editora Abril divulgadas na imprensa de todo o país.

O Grupo Abril, que iniciou suas atividades nos anos 50, passou por uma série de reformulações há cerca de um ano. A reestruturação consistiu no encerramento das atividades de algumas revistas impressas publicadas pela editora. Entre os títulos, alguns nomes popularmente conhecidos estão na lista das edições que deixarão de circular, como “Casa Claudia”, “Arquitetura”, “Boa Forma” e “Guia do Estudante”.

Apesar de investirem em conteúdo on-line, as maiores publicações da editora ainda eram impressas, e o faturamento dependia de anúncios e assinaturas. Já existiam alguns rumores sobre o destino da empresa, como a venda dos direitos de publicações como a “National Geographic” e “Aventuras na História”, por exemplo. Ao observar como fato isolado, poderia não ter um significado tão considerável.

Mas analisando de forma estratégica e com pensamento na antecipação de possíveis crises, ao menor sinal de problemas: aja.

E então, em agosto de 2018 aconteceu a triste notícia do pedido de recuperação judicial da marca.

Quais são as lições que podemos retirar das medidas tomadas pelo Grupo Abril?

Antecipar as tendências de mercado

As transformações tecnológicas são pautas entre os setores das empresas desde os anos 2000, quando estima-se que aproximadamente 304 milhões de computadores se conectaram à internet no mundo todo.

Adaptar-se às mudanças do mercado é um desafio que apenas empresas com olho no futuro conseguem transpassar. Ao observar o cenário do início da primeira década século XXI era possível observar que os avanços tecnológicos trariam revoluções ao mercado , principalmente para as empresas com foco off-line.

Gerir a mudança de forma estratégica é antecipar ações para se manter estável no mercado e adaptar-se a ele.

Planejamento estratégico

Planejar é criar formas e estratégias para otimizar ações e alcançar objetivos. O planejamento estratégico auxilia na tomada de decisões, no gerenciamento de crises, na cultura empresarial, na determinação de objetivos, entre vários outros fatores.

O Grupo Abril, ao suspender grandes publicações impressas, demonstra estar submerso no oceano do novo mercado. Ter um bom planejamento ajuda a evitar que empresas coloquem a corda no pescoço por não conseguir se adaptar ao novo cenário proporcionado pelas novas tecnologias e inovações.

Cultura organizacional alinhada

Quando todos caminham na mesma direção, a empresa cresce. Empresas que crescem exponencialmente ou que possuem um quadro de funcionários naturalmente grande, precisam constantemente de um modelo de gestão de pessoas inovador, que lidere, capacite, motive e alinhe os objetivos do funcionário com os da empresa.

Independente do porte da empresa é necessário compreender que a principal matéria-prima é o ser humano. Desenvolvê-lo para potencializar suas qualidades e ajustar as falhas são primordiais para a estabilização da empresa.

Adaptação ao universo digital

Nós acreditamos na importância das mídias off-line nas estratégias atuais. Contudo, com o avanço da tecnologia, principalmente no setor mobile, é preciso que as empresas acompanhem esse desenvolvimento.

De acordo com Gustavo Bereza, nosso diretor de criação que nos acompanha desde o início das atividades da Conelly, comenta sobre as mudanças e evoluções percebidas ao longo de 20 anos de mercado: “Quando iniciei na publicidade, a mídia online era limitada basicamente ao website do cliente e envio de malas direta por e-mail. Em 20 anos as mudanças foram radicais e hoje é quase impossível não estar conectado de alguma forma e até as próprias agências tiveram que se adequar. O ideal é criar um link de uma mídia off para a on, ou seja, convergência midiática.”, afirma.

Ter posicionamento e presença digitais definidos alinham as estratégias da empresa com o mercado atual. Limitar-se às mídias off-line é condenar a empresa ao naufrágio do mesmo navio da Editora Abril.

Leia mais
Instagram for Business: quais as vantagens?
Coffee Business: como melhorar o relacionamento com o cliente?

Utilizar dados ao seu favor

Ao colocar na Análise SWOT, ou seja, as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, a evolução tecnológica e o mundo cada vez mais conectado podem ser uma ameaça ou uma oportunidade para a empresa.

A tecnologia nos fornece dados qualitativos e mensuráveis, que norteiam a tomada de decisão dentro das empresas, além de definir estratégias e planejamentos.

É importante observar os dados do mercado atual para determinar ações. Priorizar os clientes em suas particularidades, dentro das suas respectivas realidades, proporcionam às empresas a possibilidade de manter um relacionamento próximo e duradouro com seu target.

As estratégias sugeridas pela Conelly aos seus clientes sempre consideram o mercado de forma estratégica. Estudamos todo o contexto para que nossos clientes atinjam seus objetivos.

Quer saber mais? Entre em contato conosco!

Whatsapp