VOLTAR PARA O BLOG
Muito fala-se sobre o Inbound Marketing e, navegando pela internet, podemos encontrar uma série de definições e explicações a respeito.
Hoje esclareceremos o termo e traremos a sua importância, segundo a nossa ótica.

Acompanhe!

Em síntese, trata-se de um conjunto de estratégias e táticas de marketing digital elaboradas com o objetivo de oferecer resultados por meio de um conteúdo interessante para o seu cliente ou usuário, não gerando mais interrupções e sim interação através de um conteúdo relevante que ele mesmo (o cliente) esteja em busca ou que, de alguma forma, seja detectada a sua necessidade.

Para isso, temos diferentes “packs” dependendo do perfil de cada cliente e da relação investimento x resultados.

Como cada um dos nossos parceiros possui objetivos e segmentos diferentes de negócio, procuramos encaixar cada um no estilo que melhor se adéqua a essa relação. Essas ações, para serem efetivas, também demandam equipe especializada, monitoramento constante e além disso, estudo contínuo sobre as novidades e tendências de cada mercado.

Em resumo, as explicações dadas na teoria mudam de cenário quando partimos para a prática.

Isso significa que não é possível realizar um trabalho bem feito de inbound ou qualquer outra estratégia de marketing sem planejamento ou sozinho, sem se atualizar e estar em contato direto com as últimas tendências e alterações desse mundo tão dinâmico em que se transformou a propaganda e as mídias digitais.

Na busca por resultados e de uma relação mais próxima com os consumidores, utilizamos  recursos como:

  • E-mail marketing;
  • CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente);
  • Mídias pagas (Facebook Ads, Google Ads), entre outros.

Além disso, procuramos ainda atrair o cliente por meio de conteúdo segmentado (Blogs), Social Media ou SEO e buscamos converter o mesmo através de Call to Action ou Landing Pages.

Todo esse esforço em prol de alguns objetivos.

Sendo eles:

  • Gerar vendas;
  • Criar afinidade com a marca ou conquistar esse consumidor.

Tudo alinhado com os objetivos de cada cliente e o que é definido como “lead” para cada campanha específica.

Funcionamento do Inbound Marketing

Inicialmente é essencial atrair novos clientes para o seu site. 

Para isso, é preciso utilizar blogs e sites referenciais, auxiliando o usuário a lhe encontrar ao entrar em buscadores, como o Google, por exemplo.

Um meio muito eficiente de atrair esses visitantes é fazendo o uso das redes sociais, já que, por meio dessas, as pessoas buscam se aproximar das marcas e ter uma relação mais pessoal com elas.

Feito isso, é preciso converter!

Nessa etapa, o seu visitante ou usuário se transforma em um “lead” e, se esse for bem informado e conquistado, posteriormente pode se tornar um cliente.

Entenda o Lead

O “Lead” é caracterizado ao se oferecer um conteúdo em troca de algum contato com essa pessoa. 

A exemplo disso, podemos citar os e-books, em que o visitante se cadastra, deixa o seu e-mail entre outras informações e tem acesso a um conteúdo específico disponibilizado por sua empresa.

Seguindo o fluxo do Inbound, é preciso se aproximar do seu possível cliente, entendendo seus anseios, necessidades e objetivos. O importante nesse ponto, deve ser sempre manter um bom relacionamento, pesquisando e tentando oferecer seu produto ou serviço com algum diferencial, fazendo com que você se destaque frente à concorrência.

Mídias Pagas

Investir é essencial!

A mídia paga é quando realizamos uma série de estratégias de exposição de marca em troca de pagamento.

Investe-se para que a empresa ou negócio tenha maior visibilidade. 

A regra é básica, investe-se em Facebook Ads ou Google Ads, a citar como exemplo, a fim de que a empresa ou marca seja vista e reconhecida. Aumentando o contato das pessoas com a sua marca, a tendência é observar esse crescimento também nas conversões, desde que as estratégias elaboradas estejam adequadas ao seu negócio e público.

Uma grande vantagem nas mídias digitais é que podemos segmentar o público, seja por região, idade, poder aquisitivo ou também preferências. 

Isso permite a você estar mais próximo ao seu consumidor potencial.  

Tendo isso em vista, nossa dica é combinar a sua publicidade com conteúdo interessante, estudando os melhores canais de divulgação e, por conseguinte, despertando o interesse de seu cliente.

Ficou com alguma dúvida?

Deixe uma mensagem ou entre em contato com a nossa equipe, teremos o maior prazer em esclarecer!

Veja também: 

Empreendedorismo online: 6 dicas para começar acertando!

Marketing de conteúdo e funil de vendas: Conheça a relevância da relação!

Gestão de tempo: Conheça sua importância e dicas de como fazê-lo em seu ofício

 

Whatsapp